Notícias | Dia a dia
Pouille vai à semi e alcança seu melhor ranking
21/04/2017 às 11h36

Pouille oscilou na partida, mas acabou triunfando

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - A segunda partida desta sexta-feira no Masters 1000 de Monte Carlo foi marcada pelos altos e baixos. Melhor para o francês Lucas Pouille, que levou a melhor no duelo com o uruguaio Pablo Cuevas e se garantiu na semifinal do torneio, anotando parciais de 6/0, 3/6 e 7/5 sobre o rival sul-americano, depois de 1h57 de embate.

O próximo obstáculo no caminho de Pouille será o espanhol Albert Ramos, que mais cedo despachou o croata Marin Cilic de virada. Será a terceira vez que eles se enfrentarão no circuito e o jogo servirá de tira-teima, já que cada um tem uma vitória no histórico. 

Em sua segunda semi de Masters 1000 da carreira, o francês de 23 anos vai alcançar seu melhor ranking com sua campanha no saibro monegasco. Pouille garantiu no mínimo o 15º posto, igualando a melhor marca, mas tem tudo para ser o 14º do mundo, algo que acontecerá desde que Ramos, seu próximo rival, não seja campeão no principado.

Pouille começou arrasador e aproveitou um primeiro set apagadíssimo de Cuevas para anotar um "pneu" no primeiro set. Só que na segunda parcial foi a vez foi para o lado uruguaio, que chegou a abrir 4/0 e saque, mas então viu uma das quebras ser devolvida para só mais tarde fechar e empatar o confronto. 

A definição foi para o terceiro e decisivo set, que resumiu a alternância do jogo. O francês saiu com 2/0, mas depois veio a reação de Cuevas que anotou duas quebras e sacou em 5/4 para vencer. Foi então que Pouille mostrou uma firme atuação, se salvou no saque do rival e iniciou uma arrancada de três games para ele sim levar a melhor.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis