Notícias | Dia a dia
Algoz de Murray, Ramos vence outra e faz semi
21/04/2017 às 09h15

Ramos nunca foi tão longe em um Masters 1000

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - O espanhol Albert Ramos não se contentou com a surpreendente vitória sobre o britânico Andy Murray e tratou de seguir avançando no Masters 1000 de Monte Carlo. A vítima desta sexta-feira foi o croata Marin Cilic, cabeça de chave 5, que foi eliminado ao cair com parciais de 6/2, 6/7 (5-7) e 6/2.

Em sua primeira aparição nas quartas de final em um torneio deste porte, Ramos ainda não sabe quem terá pela frente. O espanhol aguarda o vencedor da partida entre o uruguaio Pablo Cuevas, algoz do suíço Stan Wawrinka, e o francês Lucas Pouille. 

Caso venha Cuevas, será um repeteco da semi do Brasil Open deste ano, na qual o uruguaio levou a melhor para mais tarde sagrar-se campeão. Ele também tem vantagem no histórico geral com Ramos, somando cinco triunfos em seis jogos. Já contra Pouille, o retrospecto está igualado, com uma vitória para cada lado.

Ramos começou muito bem contra Cilic e não teve grande dificuldade para faturar o primeiro set, em que anotou a primeira quebra no terceiro game e depois ampliou a vantagem no sétimo. Sacando em 5/2, o espanhol teve um pouco de trabalho para fechar, mas aproveitou o terceiro set-point que teve. 

A vaga na semi parecia que viria em sets diretos, já que o espanhol teve 5/4 e saque no segundo, mas então veio a reação de Cilic, que devolveu a quebra e depois levou a melhor no tiebreak. O croata chegou até a abrir 2/0 no terceiro, mas parou por aí. Ramos venceu seis games seguidos, aplicou um "pneu" moral sobre o rival e garantiu a vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis