Notícias | Dia a dia
Murray se diz bem fisicamente e lamenta chances
20/04/2017 às 14h57

Britânico deve incluir mais um torneio no calendário antes de Madri

Foto: Arquivo

Monte Carlo (Mônaco) - Eliminado nas oitavas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, Andy Murray lamentou as chances perdidas na partida contra o canhoto espanhol Albert Ramos. Depois de liderar a última parcial por 4/0, o britânico permitiu a virada do rival que venceu por 2/6, 6/2 e 7/5.

"Se você olhar para o placar, foi 7/5 no terceiro. Uma semana atrás, eu estaria bem quanto a isso. Mas considerando que eu tinha 4/0 no terceiro, fico desapontado. Eu não perdi muitos jogos assim em minha carreira", avaliou o britânico

"Sinto que tive chances suficientes para vencer e estive muito perto de conseguir", comentou o líder do ranking mundial, que disputou seu primeiro torneio desde Indian Wells, recuperado de lesão no cotovelo.

"Depois do 4-0 em um dos games de saque que eu fui quebrado eu não joguei tão bem. E então ele começou a jogar melhor no final do set. Eu ainda tive um monte de chances, acho que nós dois tivemos", lembrou o britânico que saiu de 0-40 quando o placar estava empatado por 4/4 e poderia ter definido a partida no game seguinte.

"Fiz algumas escolhas ruins hoje. Isso é algo que, eu vou olhar depois com a minha equipe, assistir a algumas partes do jogo, ver as bolas que eu escolhi e o que eu faria diferente", comentou Murray que deverá incluir um torneio no saibro antes do Masters 1000 de Madri. Barcelona, Estoril e Budapeste são os destinos mais cotados.

"Talvez amanhã ou um dia depois eu possa comparar onde eu estou agora com onde eu estava há uma semana", avaliou o britânico que se sente melhor fisicamente. "Meu cotovelo estava muito bem e saquei muito melhor hoje do que ontem. Isso só vai ficar melhor. Então espero continuar na direção certa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis