Notícias | Dia a dia
Nadal projeta mais um jogo equilibrado com Zverev
19/04/2017 às 18h28

Nadal levou a melhor nas duas vezes que enfrentou Zverev

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Prestes a enfrentar o alemão Alexander Zverev pela terceira vez, Rafael Nadal projeta mais um duelo equilibrado contra o promissor rival de apenas 19 anos. Os dois lutam por uma vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo nesta quinta-feira, por volta das 9h (de Brasília)

"Eu tive partidas duras contra ele", disse Nadal que levou a melhor contra Zverev tanto em Indian Wells no ano passado, como no Australian Open deste ano. No primeiro duelo, o espanhol salvou match point, enquanto o mais recente foi decidido apenas no quinto set.

"Sascha tem uma grande chance de se tornar o número 1 do mundo um dia e este jogo será um bom teste para mim", reiterou o ex-líder do ranking, que já havia dito o mesmo sobre Zverev antes de eles se enfrentarem no primeiro Grand Slam da temporada.

"Enfim, estou feliz por poder passar um pouco mais de tempo nesta quadra, que é uma das mais importantes na minha carreira", complementou o espanhol que possui nove títulos em Monte Carlo, sendo oito consecutivos.

Nadal também avaliou sua partida de estreia, em que derrotou o britânico de 22 anos Kyle Edmund por 6/0, 5/7 e 6/3. "É fato que o nível apresentado por Kyle no segundo e terceiro sets me surpreendeu", disse o atual sétimo colocado no ranking mundial.

"Tive um bom começo de jogo, mas às vezes vencer o primeiro set por 6/0 não ajuda muito, porque sabemos que não é real. Ele fez uma grande partida e foi super agressivo. Estou feliz por ter vencido porque eu não estava bem em um determinado momento no terceiro set"

O jogo desta quarta-feira foi o de número 400 da carreira de Nadal no saibro, sendo que ele agora possui 366 vitórias e apenas 34 derrotas, o que garante ao espanhol o aproveitamento de 91,5%, o melhor neste piso em toda a Era Aberta. Outros dois tenistas em atividade já fizeram mais de 400 jogos no saibro, David Ferrer disputou 444 e venceu 318, enquanto Nicolas Almagro tem 273 vitórias em 413 partidas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis