Notícias | Dia a dia
Murray celebra melhora durante o jogo de estreia
19/04/2017 às 15h08

Britânico aprovou sua movimentação e os golpes do fundo de quadra

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Após seu primeiro jogo oficial desde a surpreendente eliminação na estreia em Indian Wells, no início de março, Andy Murray avalia que conseguiu elevar seu nível de tênis no decorrer da partida contra o canhoto luxemburguês Gilles Muller. A vitória por duplo 7/5 no saibro de Monte Carlo marcou o retorno do britânico após uma lesão no cotovelo direito o tirar de quadra por um mês e meio.

"Fui jogando melhor conforme a partida avançava", disse Murray, que admitiu seu cotovelo direito era um pouco dolorido. O líder do ranking teve o saque quebrado logo no game de abertura e viu o rival liderar o set inicial por 5/3, antes de reagir e vencer quatro games seguidos.

"Obviamente, o primeiro game de serviço não foi o ideal, mas quando você está voltando ao circuito depois de não sacar por algumas semanas, acho que é normal. Talvez a minha técnica tenha mudado um pouco e quando você tenta pôr isso em jogo é complicado", avaliou o número 1 do mundo.

"Fiquei feliz com a forma como eu bati na bola. Fiz um jogo limpo do fundo de quadra e estava ditando um monte de pontos, quando começamos a disputar alguns ralis mais longos. Acredito que só os primeiros golpes, como os saques ou as devoluções, poderiam ter sido um pouco melhores", comentou o britânico que conseguiu quatro quebras contra o bom saque de Muller.

Murray agora terá um confronto inédito contra o canhoto espanhol Albert Ramos, 24º do ranking, às 6h (de Brasília) desta quinta-feira. Apesar da falta de ritmo de jogo, o britânico espera mostrar um nível ainda mais alto que o de sua estreia no primeiro Masters 1000 da temporada de saibro.

"Fiz um bom número de horas de treino, mas obviamente, disputar partidas é o maior teste. Tirando o saque e algumas devoluções hoje, eu me movimentei muito bem e fiz um jogo inteligente. Novamente, fico muito feliz com a forma como eu bati na bola. Meu corpo estava muito bem".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis