Notícias | Dia a dia
Sharapova não se deu bem no amor durante suspensão
18/04/2017 às 15h28

Londres (Inglaterra) - Durante os 15 meses de suspensão que precisou cumprir após ser pega no antidoping do Australian Open do ano passado, numa pena que acabará na próxima semana, a russa Maria Sharapova buscou aproveitar situações que o circuito profissional não a permitia.

Segundo o Daily Mail, uma delas foi buscar um novo amor, algo que acabou não acontecendo, já que a musa russa declarou que os homens a consideravam muito intimidadora. Questionada sobre o par ideal, Sharapova foi simples e direta.

"Alguém com suas próprias opiniões, com sua própria vida e confortável com sua vida", disse a tenista de 29 anos, que voltará às quadras na próxima quarta-feira no Premier de Stuttgart, onde recebeu um convite para disputar a chave principal. 

"Aproveitei para sair com pessoas diferentes, de culturas diferente e de diferentes profissões. Desta perspectiva, eu estive em todos os lugares do mapa", complementou Sharapova, que dependerá de novos convites para seguir jogando, já que está sem ranking. Ela tem vaga garantida já em Madri e Roma, mas não sabe ainda se irá para Roland Garros.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis