Notícias | Dia a dia
Djokovic sofre, mas supera estreia em Monte Carlo
18/04/2017 às 12h47

Djokovic chegou a ver Simon sacar para o jogo

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Por pouco o sérvio Novak Djokovic não voltou a ser derrotado logo na estreia no Masters 1000 de Monte Carlo. O francês Gilles Simon deu um enorme susto e chegou a sacar para o jogo no terceiro set, mas não aproveitou a chance e acabou eliminado por 'Nole', que triunfou com parciais de 6/3, 3/6 e 7/5, depois de 2h30de partida.

Simon acabou amargando sua 11ª derrota seguida contra Djokovic, que perdeu o primeiro duelo entre eles, nove anos atrás, mas desde então venceu todas. Na próxima rodada, o sérvio vai encarar o vecnedor do duelo entre o russo Karen Khachanov e o espanhol Pablo Carreño. 

O jogo não começou bom para o sérvio, que logo de cara perdeu o saque. Só que na sequência ele tratou de devolver a quebra deixando tudo igual. Djokovic teve um novo break-point no sexto game, mas não o aproveitou. Só que no oitavo, o número 2 do mundo conseguiu mais uma oportunidade e desta vez não a desperdiçou, confirmando na sequência para fazer 1 a 0.

Embora sem mostrar seu melhor tênis, Nole pareceu que iria engrenar ao fazer 2/1 e saque na segunda parcial. Foi então que o francês conseguiu uma boa recuperação, não apenas devolveu a quebra, mas também conseguiu outra e após vencer quatro games seguidos ficou perto de empatar o jogo. Ele administrou a vantagem até o fim e deixou tudo igual. 

No terceiro e decisivo set, Simon chegou a abrir vantagem, sacando para fazer 4/2, quando o sérvio tratou de devolver a quebra, impedindo que o rival descolasse no placar. O francês voltou a ter a dianteira e sacou para o jogo em 5/4, só que vacilou e deixou Djokovic empatar mais uma vez e depois anotar nova quebra, fazendo 7/5 e fechando o jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis