Notícias | Dia a dia
Presidente de ITF: 'Caso Sharapova ficará de lição'
11/04/2017 às 11h55

Sharapova cumpre pena de 15 meses por doping

Foto: Arquivo

Aarhus (Dinamarca) - Presidente da ITF, David Haggerty falou sobre o caso de doping envolvendo a russa Maria Sharapova, que foi punida por 15 meses após ter sido pega pelo uso de meldonium e poderá retornar às quadras já no fim deste mês. Durante sua participação na SportAccord Convention, em Aarhus, ele comentou sobre o assunto e disso que servirá de lição para o futuro.

"A integridade serve para proteger os atletas limpos, por isso que passamos por esse processo. Ela foi suspensa e está cumprindo a punição. Acho que isso serve de lição para as jovens jogadoras, que vão aprender com essa experiência", declarou o mandatário da Federação Internacional de Tênis. 

Haggerty foi questionado sobre os convites que estão sendo dados a Sharapova, algo que causou polêmica entre as jogadoras do circuito. Ele não quis entrar muito a fundo neste assunto, garantindo que não é de sua alçada e que cabe a cada torneio definir o que for melhor para si.

"Não é meu papel tomar partido e falar sobre o sentimento dos jogadores. De acordo com a perspectiva das regras, ela foi suspensa e estará de volta após cumprir sua pena. Não é decisão da ITF se ela recebe convites, cabe a cada evento", resumiu o presidente da ITF.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis