Notícias | Copa Davis
Goffin garante outra semi para Bélgica na Davis
09/04/2017 às 11h36
Publicidade
Publicidade

Goffin teve um final de semana impecável no piso duro

Foto: Site oficial

Charleroi (Bélgica) - David Goffin manteve seu excelente histórico na Copa Davis e outra vez comandou o time da Bélgica para a semifinal da competição por países. Neste domingo, ele dominou totalmente Paolo Lorenzi, marcou 6/3, 6/3 e 6/2 e marcou o terceiro ponto decisivo diante da Itália sobre piso sintético coberto.

Goffin, que na sexta-feira também passou com grande autoridade sobre Andreas Seppi em sets diretos, tem agora 18 vitórias em 21 jogos de simples já disputados pela Davis. O número 14 do ranking também foi peça essencial na inesperada campanha de 2015, quando os belgas atingiram as semifinais.

Assim como aconteceu naquela ocasião, a Bélgica terá direito a jogar pela terceira vez seguida dentro de casa, já que a Austrália superou os Estados Unidos em Brisbane. É bem provável que desta vez Goffin opte por jogar em saibro mais lento para tirar a principal arma de Nick Kyrgios.

A Bélgica é um dos mais antigos participantes da Copa Davis, tendo entrado na competição em 1904. Mas não tem grandes números, com 95 vitórias e 92 derrotas em confrontos. Desde a criação do Grupo Mundial, em 1981, disputou o título por 19 vezes e esta foi apenas sua 10ª vitória em 28 confrontos.

Goffin só não venceu Lorenzi com maior rapidez porque teve aproveitamento ruim de primeiro serviço, na casa dos 50%. Com isso, chegou a perder um game de serviço no segundo e no terceiro sets, porém sua regularidade no fundo de quadra sempre foi superior a Lorenzi, que tentou variar com subidas à rede com pouco sucesso e muitas deixadinhas. A diferença de winners foi gritante: 29 a 11.

O outro ponto belga do fim de semana coube a Steve Darcis, que na sexta-feira abriu o confronto com vitória de virada em cima de Lorenzi. Os italianos não puderam contar com o contundido Fabio Fognini.

Comentários