Notícias | Copa Davis
Monteiro vira e dá grande vantagem ao Brasil
07/04/2017 às 20h14

Monteiro ganhou seu primeiro jogo pela Copa Davis

Foto: Arquivo

Ambato (Equador) - Depois de perder um primeiro set que estava nas mãos, Thiago Monteiro não se abateu e conseguiu grande virada no duelo de canhotos contra Roberto Quiroz. Com o placar de 6/7 (6-8), 7/6 (7-0), 6/3 e 7/6 (9-7) o cearense de 22 anos deu ao Brasil a importante vantagem de 2 a 0 na briga contra o Equador por vaga na repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis.

Esta foi a primeira vitória de Monteiro em seu segundo jogo na competição por países. Ele havia estreado no playoff diante da Bélgica em setembro do ano passado, também fora de casa, e perdido para o então top 15 David Goffin.

Caso os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo confirmem o amplo favoritismo nas duplas deste sábado, o Brasil completará o placar necessário e irá mais uma vez à repescagem, marcada para acontecer entre os dias 15 e 17 de setembro. Soares e Melo entram em quadra às 14 horas (de Brasília) para enfrentar Quiroz e Gonzalo Escobar.

O primeiro set foi totalmente dominado pelos sacadores. O equatoriano, que fechou seu primeiro game de serviço com quatro aces, raramente deu oportunidades, ao mesmo tempo que devolvia muito mal. Com 4/5, Monteiro teve 0-40 e mais dois set-points, porém Quiroz sacou firme. O pior veio no tiebreak. Firme na base, o cearense abriu 6-2, teve dois serviços, errou bola muito fácil e perdeu seis lances consecutivos. O brasileiro cedeu o set com apenas um ponto desperdiçado com o saque a favor.

Monteiro sofreu ao longo do segundo set. Quiroz se soltou mais, conseguiu ser agressivo nas devoluções e por duas vezes o cearense sofreu para confirmar o saque. O duelo se arrastou para outro desempate. Novamente, o canhoto brasileiro saiu na frente, chegou a 5-0 e desta vez não vacilou.

O terceiro set foi tenso para o cearense, que precisou salvar um par de break-points em dois serviços consecutivos, mas quando conseguiu empurrar a devolução mais o fundo atrapalhou o adversário, que errou tudo e perdeu o saque no sexto game. Monteiro saltou a 5/2 e fechou em seguida.

O quarto set da disputa seguiu sem quebras ou break points. Os sacadores também prevaleciam no terceiro tiebreak da partida, disputado já com pouquíssimas condições de iluminação na quadra. Até então perder pontos sacando durante o game-desempate, Monteiro chegou ao primeiro match point quando liderou por 6-5, mas Quiroz confirmou os dois saques. O cearense então evitou a perda do set e venceu os últimos três pontos da disputa.

Comentários