Notícias | Dia a dia
Rogerinho avança no quali de Miami, Feijão cai
20/03/2017 às 19h45

Aos 33 anos, Rogerinho tenta disputar seu segundo Masters 1000

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Os dois brasileiros que entraram em quadra nesta segunda-feira pelo qualificatório do Masters 1000 de Miami fizeram partidas longas e decididas nos detalhes. Enquanto Rogério Dutra Silva superou a estreia, João Souza, o Feijão, acabou se despedindo do torneio.

Quarto favorito no quali e número 84 do mundo, Rogerinho salvou dois match points e superou o 162º colocado tcheco Lukas Rosol por 6/4, 3/6 e 7/6 (11-9) após 2h24 de partida para ficar a uma vitória de disputar seu segundo Masters 1000 na carreira.

O experiente paulista de 33 anos, que também furou o quali de Miami no ano passado, atua por volta das das 14h (de Brasília) desta terça-feira contra o norte-americano de 22 anos Christian Harrison, que é apenas o 456º do ranking mundial.

Em outra partida equilibrada, Feijão chegou a sacar para o jogo no terceiro set e esteve a dois pontos da vitória, mas caiu diante do veterano alemão de 35 anos e 163º do mundo Benjamin Becker por 6/4, 6/4 (8-10) e 7/5 em 2h48 de disputa.

Ex-número 69 e atual 123º do ranking aos 28 anos, Feijão havia vencido uma no quali de Miami no ano passado e perderá oito pontos. Na próxima semana, ele segue para a cidade mexicana de León, onde defende mais 60 pontos pelo vice-campeonato que teve na última semana. Um título o fará subir no ranking mesmo sem repetir a viória na Flórida, enquanto qualquer outro resultado pode causar perda de posições.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis