Notícias | Dia a dia
Monteiro cai no ranking, Rogerinho e Feijão sobem
20/03/2017 às 08h33

Rogerinho pode alcançar o melhor ranking na próxima lista

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Número 2 do Brasil no ranking, o cearense Thiago Monteiro perdeu cinco colocações na lista desta segunda-feira e caiu do 77º para o 82º lugar na ATP. Dos principais nomes do país, ele foi o único a perder terreno, já que tirando o paulista Thomaz Bellucci, que se manteve na 71ª colocação, todos os demais ganharam posições.

A subida mais tímida foi a do paulista Rogério Silva, que ganhou apenas um lugar e foi para o 84º posto. Um pouco mais embaixo, o também paulista João Souza melhorou em duas colocações o seu posicionamento no ranking e aparece nesta segunda como o 123 do mundo. Ambos tentam seguir em alta na disputa do quali do Masters 1000 de Miami. 

Rogerinho está bem perto de seu melhor ranking, a 82ª posição, e para superar a marca mais alta ele depende apenas de si. Se os resultados ajudarem, o paulista pode alcançar o 80º lugar mesmo se perder na estreia do quali. Já Feijão precisa somar para evitar uma queda de pelo menos 13 colocações.

Fechando a lista de brasileiros no top 300, os gaúchos André Ghem e Guilherme Clezar e o paulista Caio Zampieri também subiram. Clezar foi o que teve a ascensão mais acentuada, deu uma arrancada de 24 posições e agora é o 239 do mundo. Ghem foi da 213ª para a 211ª colocação e Zampieri melhorou 13 postos, indo para o 247º lugar.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis