Notícias | Dia a dia
'Não foi minha melhor partida', lamenta Carreño
19/03/2017 às 11h17

Carreño vai alcançar seu melhor ranking

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - Depois de fazer uma grande campanha no Masters 1000 de Indian Wells, disputando pela primeira vez uma semifinal deste nível, o espanhol Pablo Carreño terminou sua participação no torneio com uma apresentação considerada por ele como abaixo da média, sendo derrotado facilmente pelo suíço Stan Wawrinka no último sábado.

"Saio com sabor amargo da partida, mas não do torneio. Não foi o meu melhor jogo, isso foi claro. No começo joguei bem, estava equilibrado e os primeiros games foram disputados, tanto nos meus saques como nos dele", analisou o espanhol em entrevista à EFE

"Cometi alguns erros, mas estavam na conta de ser mais agressivo, mais até do que o normal. Esta é a maneira que tenho para evoluir em meu jogo e melhorar como tenista", observou Carreño, que depois de ter levado a primeira quebra da partida, aquela que definiu o primeiro set, não se encontrou mais em quadra.

Tanto que no segundo set ele fez pouca resistência, foi dominado por Wawrinka e veneu apenas mais dois games. "A partir do terceiro quarto do jogo, baixei a intensidade e perdi o caminho, talvez até tenha lutado menos do que deveria. Os últimos games foram meio que um desastre", afirmou o espanhol. 

"Não estava nervoso e nem empolgado mais do que o normal, treinei bem e estava fazendo o meu jogo. Ainda tenho um caminho pela frente para encarar este tipo de jogador, há coisas para melhorar", finalizou Carreño, que alcançará seu melhor ranking na próxima segunda-feira, entrando no top 20 pela primeira vez, na 19ª colocação.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis