Notícias | Copa Davis
Atual campeã, Argentina perde duas e se complica
03/02/2017 às 18h45

Aniversariante desta sexta-feira, Berlocq não evitou que italianos abrissem boa vantagem

Foto: Divulgação

Buenos Aires (Argentina) - Após o título inédito da Copa Davis no ano passado, a Argentina não começou bem a campanha em 2017 e corre o risco de ser eliminada ainda na primeira fase. Mesmo jogando no saibro de Buenos Aires, os atuais campeões perderam as duas partidas contra a Itália nesta sexta-feira.

Sem poder contar com Juan Martin Del Potro e Federico Delbonis, os argentinos escalaram Guido Pella e o veterano Carlos Berlocq para o primeiro dia de jogos. Já a Itália teve que fazer uma alteração de última hora e colocou Andreas Seppi no lugar de Fabio Fognini, que sofria de gastrointerite.

Pella, 84º do mundo, sofreu um triplo 6/3 do 43º colocado italiano Paolo Lorenzi. Já o aniversariante Berlocq, que completou 34 anos nesta sexta-feira, esboçou uma reação depois de ter perdido os dois primeiros sets e chegou a salvar três match points antes de cair para Seppi com parciais de 6/2, 6/1, 1/6 e 7/6 (8-6).

A Argentina nunca reverteu um confronto de Copa Davis depois de ter perdido os dois jogos da sexta-feira. Nos últimos dezesseis anos, os sul-americanos avançaram quinze vezes às quartas de final. A exceção fica para a temporada de 2014.

Nove seleções campeãs da Davis foram eliminadas na estreia da temporada seguinte e o caso mais recente aconteceu com a Suíça, derrotada pela Bélgica na primeira rodada do Grupo Mundial de 2015, depois de ter conquistado o título inédito no ano anterior.

A partida de duplas está marcada para às 14h (de Brasília) deste sábado. O capitão argentino Daniel Orsanic deve escalar Leonardo Mayer e Diego Schwartzman, enquanto os italianos anunciaram previamente a parceria entre Simone Bolelli e Andreas Seppi. A rodada do domingo começa às 13h.

Comentários