Notícias | Dia a dia | Australian Open
Húngaro e ucraniana ganham a competição juvenil
28/01/2017 às 21h05

Melbourne (Austrália) – O húngaro Zsombor Piros, de 16 anos, e a ucraniana Marta Kostyuk, de 14, conquistaram o título juvenil do Aberto da Austrália. Em duelo inédito, Piros derrotou de virada o israelense Yshai Oliel por 4/6, 6/4 e 6/3 para ganhar seu primeiro torneio de Grand Slam. Em sua caminhada rumo à final, eles derrubaram os dois principais favoritos. Oliel tirou Yibing Wu, cabeça 1, nas semifinais (6/4 3/6 6/2) enquanto que Piros se impôs diante do cabeça 2, Yu Hsiou Hsu, por 6/3 e 6/2 na terceira rodada.

O campeão creditou a vitória ao seu melhor jogo defensivo, enquanto que o israelense registrou as melhores jogadas.  Piros foi honesto em sua análise da partida. "Eu não tive grandes jogadas. Acho que hoje ele foi o melhor. Vou ser franco. Ele era quem atacava na maior parte do tempo. Eu estava na defensiva algumas vezes", comentou o húngaro. No set decisivo, ambos mostraram maturidade, mantiveram seus serviços várias vezes e pressionaram bastante o adversário, com Piros ganhando o sexto game, que durou cinco minutos. Depois disso, o israelense sentiu e acabou cedendo o título. Esta foi apenas a segunda vez que Piros disputou um torneio de Grand Slam.

Marta Kostyuk, por sua vez, fez bonito na primeira participação em um torneio desta grandeza. Com apenas 14 anos, a ucraniana derrotou a suíça Rebeka Masarova, dois anos mais velha, por 2 seta a 1, parciais de 7/5, 1/6 e 6/4. A campeã recebeu conselhos importantes de seu manager, o croata Ivan Ljubicic, que foi visto na arquibancada durante seus jogos. “Ele fez muito”, reconheceu Kostyuk a respeito da influência que o croata, atual técnico de Roger Federer, tem tido sobre ela. “Ele me deu um pouco de sua experiência em grandes jogos e eu finalmente encontrei com Federer hoje. Ele me deu parabéns e tirei uma foto com ele. Estava muito emocionada.” Perguntada sobre o que iria fazer logo a seguir, a campeã respondeu: “Vou trocar a tela do meu celular. Não tive tempo nestas três semanas. E talvez algumas compras.”

Comentários