Notícias | Top Spin
Andy Murray é condecorado com título de 'Sir'
31/12/2016 às 07h50

Murray teve um ano memorável nos âmbitos pessoal e profissional

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Ao término do melhor ano de sua carreira, Andy Murray recebeu a máxima honraria que pode ser concedida a um britânico. O número 1 do mundo foi condecorado com o título de Sir ao figurar na lista anual de novas nomeações de Damas e Cavalheiros divulgada pela Rainha Elizabeth II.

O segundo título de nobreza para Murray, que já havia sido nomeado Oficial da Ordem do Império Britânico (OBE) em 2012, coroa um ano memorável nos âmbitos pessoal e profissional.

Ele se tornou pai pela primeira vez em fevereiro após o nascimento da pequena Sophia Olivia. Já em agosto, teve a honra de carregar a bandeira britânica na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos.

Em quadra, Murray conquistou o bicampeonato olímpico no Rio de Janeiro, o segundo título de Wimbledon, além de ser finalista na Austrália e em Roland Garros, e terminou o ano com 24 vitórias seguidas que o levaram pela primeira vez à liderança do ranking.

Aos 29 anos, Murray é dos mais jovens a receber o título e inclusive já havia dito em entrevistas que se sentia muito novo para a honraria. Segundo o jornal Daily Mail, ele pediu ao All England Club para não ser chamado de "Sir Andy Murray" nos placares e todo o material impresso da próxima edição de Wimbledon, pois se sentiria desconfortável.

Outros destaques do esporte britânico receberam a máxima honraria de Sir para homens e de Dame para as mulheres. O corredor de 33 anos Mo Farah, a remadora Katherine Grainger e a atleta do heptatlo Jessica Ennis -que já tinha um Laureus do currículo como a melhor esportista de 2012- também figuaram na lista anunciada na noite da última sexta-feira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis