Notícias | Dia a dia | US Open
Jogadores dão adeus ao Estádio Louis Armstrong
12/09/2016 às 11h56

Nova York (EUA) – O Estádio Louis Armstrong despediu-se dos fãs neste ano, depois de 39 de uma existência cheia de grandes emoções, duelos de lendas como Jimmy Connors, John McEnroe, Bjorn Borg, só para citar alguns. Encerrada mais uma edição do Aberto dos Estados Unidos, o estádio será fechado para sofrer uma ampla renovação que vai lhe dar capacidade para 15 mil pessoas em 2018 e um teto retrátil. A obra está avaliada em US$ 650 milhões. Foi lá que, por exemplo, McEnroe venceu a final contra Borg em 1980, em cinco sets. Neste ano, Stan Wawrinka, que conquistou neste domingo seu terceiro Grand Slam, disputou três de seus jogos neste estádio

Comentários