Notícias | Dia a dia | US Open
Wawrinka revela que chegou desacreditado em NY
11/09/2016 às 23h13

Wawrinka venceu sua 11ª final consecutiva

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - A campanha que deu ao suíço Stan Wawrinka seu terceiro título de Grand Slam não começou tão otimista para o campeão do US Open de 2016. Logo após a conquista deste domingo, derrotando o sérvio Novak Djokovic de virada na final, ele revelou ter chegado em Nova York sem grandes expectativas.

"Honestamente, isso é incrível. Vim aqui sem esperar muitas cosias, embora sempre que entrei em quadra joguei para vencer. Acho que fiz duas belas semanas", analisou o número 3 do mundo, que com a vitória deste domingo chegou à marca de 11 triunfos seguidos em finais. 

O suíço não esqueceu de agradecer a todos que considera importante e que de uma forma ou de outra ajudaram a lhe conduzir a mais uma conquista. "Quero agradecer meu time, minha família e meus amigos. Treino duro desde jovem e dou tudo o que tenho, faço o máximo que posso. Venho trabalhando passo a passo e foi isso que fiz hoje. Vim crescendo na campanha e jogando cada vez melhor".

A participação do público na final também foi destacada pelo tenista da Lausanne. "Hoje teve muita emoção do publico, criaram uma atmosfera excelente e esta noite foi maravilhosa", comentou Wawrinka, que não se esqueceu de destacar toda a qualidade de seu adversário na decisão. 

"Não sei o que dizer agora. Primeiro eu gostaria de dizer que você (Djokovic) é um grande campeão e gostaria de te dar os parabéns. Nos conhecemos há muitos anos e já treinamos muitas vezes, fico feliz pelo que você fez pelo tênis ate então", declarou o suíço, que agora tem cinco vitórias em 25 duelos com o sérvio.

Comentários