Notícias | Dia a dia | US Open
Djokovic perde título pela quinta vez em Nova York
11/09/2016 às 22h02

Djokovic sentiu dificuldade com bolhas no pé ao longo do 4º set

Foto: ATP

Nova York (EUA) - O US Open continua sendo um Grand Slam de altos e baixos para o sérvio Novak Djokovic. Apesar dos dois títulos já conquistados, ele somou neste domingo o quinto vice em Flushing Meadows.

Dois foram para Rafael Nadal (2010 e 2013), outro para Roger Federer (2007) e mais um diante de Andy Murray (2012), que se somam agora à queda diante do suíço Stan Wawrinka. As conquistas vieram em 2011, sobre Nadal, e 2015, em cima de Federer.

Ao mesmo tempo, Djokovic adia para 2017 o sonho de aumentar seu coleção de troféus de Grand Slam. Ao vencer na Austrália e em Roland Garros deste ano, ele atingiu a marca de 12, igualando Roy Emerson. Com a queda inesperada em Wimbledon e o vice deste domingo, tentará igualar os 14 de Pete Sampras e Rafael Nadal na próxima temporada.

Alguns outros feitos escaparam. Ele procurava ser o primeiro bicampeão desde Federer, em 2007-08, e poderia ganhar três Slam numa mesma temporada pelo segundo calendário consecutivo e o terceiro de sua notável carreira. Seu recorde em finais de Slam continua positivo, mas cai para 12 vitórias e 9 derrotas.

De qualquer forma, o vice deste domingo garante sua permanência como líder do ranking até o final de janeiro, quando defenderá o troféu em Melbourne. Nesta segunda-feira, ele aparecerá 4.555 à frente de Andy Murray. O sérvio tem sete troféus em 2016, entre eles dois Slam e quatro Masters 1000, e esta foi apenas sua segunda derrota numa final, somando-se à de Roma.

Comentários