Notícias | Dia a dia | US Open
Felipe Meligeni ganha dupla e também faz história
10/09/2016 às 18h09

Meligeni e o parceiro boliviano Aguillar conseguiram um feito para o tênis sul-americano

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O tênis brasileiro viveu um sábado histórico no US Open. Depois da conquista de Bruno Soares nas duplas masculinas, o paulista Felipe Alves, sobrinho de Fernando Meligeni, faturou o título de duplas juvenis. Ao lado do boliviano Juan Carlos Aguilar, eles derrotaram os fortes canadenses Felix Auger-Aliassime e Benjamin Sigouin, por 6/3 e 7/6 (7-4 no tiebreak).

A única vez que brasileiros haviam disputado uma final juvenil em Nova York foi há dois anos com o mineiro João Menezes e o canhoto gaúcho Rafael Matos, que ficaram com o vice. O Brasil fatura assim o quarto título juvenl de Grand Slam: Tiago Fernandes em simples na Austrália em 2010, Gustavo Kuerten em duplas na França em 1994 e a parceria de Orlando Luz e Marcelo Zormann em Wimbledon 2014 foram os outros.

Felipe deu ao Brasil seu 33º troféu de Grand Slam. Seu título se soma aos quatro de simples e quatro de duplas femininas com Maria Esther Bueno. Soares ganhou duplas masculinas neste sábado e já é bicampeão de mistas em 2012 e 2014.

Aliassime, de 16 anos, era o atual campeão de duplas juvenis no US Open - ganhou ao lado do canhoto Denis Shapovalov no ano passado - e está na final individual, depois de surpreender o número 1 do ranking mundial, o grego Stefanos Tsitsipas, por 6/4 e 7/5. Seu adversário será o sérvio Miomir Kecmanovic, que superou o japonês Yosuke Watanuki, 6/1 e 6/4.

Comentários