Notícias | Dia a dia | US Open
Partida do US Open será investigada por apostas
08/09/2016 às 14h51

Nova York (EUA) - A partida de primeira rodada entre a suíça Timea Bacsinszky e a russa Vitalia Diatchenko, realizada na terça-feira, dia 30 de agosto, será investigada pela Unidade de Integridade do Tênis (TIU). Segundo a entidade responsável por monitorar possíveis arranjos de resultados, este duelo teve um volume desproporcional de apostas.

O alerta teria vindo de duas casas de apostas, Fonbet e Bet365, que receberam um fluxo irregular de apostas neste confronto, que acabou com uma vitória contundente de Bacsinszky por duplo 6/1. 

"Posso confirmar que este jogo é o único até então de todo o US Open a ser investigado", declarou Mark Harrison, porta-voz da TIU. "Como em todos os casos, a TIU vai avaliar, julgar e tomar as devidas ações apropriadas", acrescentou o porta-voz, reforçando que a suspeita em si não garante que o resultado da partida tenha sido comprado.

Harrison ainda disse que a investigação levará em conta vários fatores, como apostadores bem informados, o estado físico das jogadoras, a fadiga e outras circunstâncias que se desenrolaram durante o jogo.

Comentários