fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gael Monfils, Marcos Baghdatis, Nicolas Almagro, Ryan Harrison, US OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gael Monfils, Marcos Baghdatis, Nicolas Almagro, Ryan Harrison, US OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gael Monfils, Marcos Baghdatis, Nicolas Almagro, Ryan Harrison, US Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/monfils/0902_usopen_slice_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/monfils/0902_usopen_slice_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Monfils mostra recuperacao e reencontra Baghdatis
02/09/2016 às 18h45
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/monfils/0902_usopen_slice_int.jpg" title="Monfils pode repetir campanha de 2014 se atingir as quartas de final do US Open" />

Monfils pode repetir campanha de 2014 se atingir as quartas de final do US Open

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Gael Monfils teve pouco tempo para se recuperar da lesão nas costas sofrida em Cincinnati, porém mostra no US Open que está inteiro e motivado. O cabeça 10 passou com grande autoridade sobre o espanhol Nicolás Almagro nesta sexta-feira, anotando as parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, com esforço de apenas 1h50, e avançou para as oitavas de final.

No domingo, ele reencontrará Marcos Baghdatis, a quem derrotou justamente em Cincinnati por 7/5 e 6/0. O cipriota teve um jogo de incríveis altos e baixos antes de eliminar o norte-americano Ryan Harrison, por 6/3, 7/6 (7-4), 1/6 e 6/1. No total, eles têm três duelos: Gael venceu no Australian Open de 2007 e Baghdatis, em Cincinnati de 2006.

"Fui muito sólido", comemorou Monfils, que luta em Nova York para retornar à faixa dos top 10 do ranking. "Almagro é um tenista com bons golpes dos dois lados e sempre exige muito. Gostei porque fui agressivo no final do segundo e do terceiro sets". Quadrifinalista em 2014, quando chegou a ter 2 sets a 0 à frente de Roger Federer, ele prefere cautela ao falar sobre a chance de repetir a campanha. "Vou pensar jogo a jogo. Baghdatis é um adversário difícil", fez o discurso de praxe.

Ex-número 8 do ranking, o cipriota entrou neste US Open como 44º colocado e anota sua melhor campanha em Flushing Meadows de toda a carreira. Antes disso, só havia feito uma terceira rodada em 2013 e perdido na estreia das duas mais recentes participações. Mais significativo ainda, ele não atingia as oitavas de qualquer Grand Slam desde o Australian Open de 2009.

Últimas notícias
Comentários