fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jack Sock, Marin Cilic, Jo-Wilfried Tsonga, Kevin Anderson, US OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jack Sock, Marin Cilic, Jo-Wilfried Tsonga, Kevin Anderson, US OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jack Sock, Marin Cilic, Jo-Wilfried Tsonga, Kevin Anderson, US Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/sock/0902_usopen_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/sock/0902_usopen_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Sock derruba Cilic e enfrenta Tsonga nas oitavas
02/09/2016 às 16h09
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/sock/0902_usopen_fore_int.jpg" title="Sock atinge oitavas do US Open pela primeira vez desde a estreia em 2010" />

Sock atinge oitavas do US Open pela primeira vez desde a estreia em 2010

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Impecável em todos os golpes, o norte-americano Jack Sock não deu bola para o grande momento do croata Marin Cilic e finalmente marcou um grande resultado no US Open. O número 27 do ranking atropelou o campeão de 2014, que vinha do título de Cincinnati, e marcou 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3. Seu adversário de domingo será o francês Jo-Wilfried Tsonga, que tirou o sul-africano Kevin Anderson, por 6/3, 6/4 e 7/6 (7-4).  

Esta é a primeira vez que Sock atinge as oitavas do US Open, quebrando um tabu pessoal que tinha desde a estreia em 2010. Seu histórico nos demais Grand Slam também não é expressivo, tendo atingido as oitavas apenas uma outra vez, em Roland Garros do ano passado. Ele e Tsonga se cruzaram uma única vez no circuito, no saibro de Madri de 2015, com vitória apertada do francês.

Na partida desta sexta-feira, Sock teve uma atuação impecável, embora o croata tenha oscilado muito principalmente com o saque a favor. O americano no entanto soube colocar pressão, com muita variação no serviço, e atacou sempre que pôde. Cilic não teve uma única oportunidade de quebra ao longo dos três sets. Na verdade, ganhou somente 15 pontos como recebedor.

Tsonga acertou 59% do primeiro saque ao longo da partida e perdeu apenas 13 desses pontos, mas a diferença maior foi mesmo o aproveitamento com o segundo saque, quando os dois tiveram de trocar bolas: 59% contra 44% do sul-africano. Cada um fez 13 aces.

O que faltou a Anderson foi capitalizar os break-points. Teve três chances desperdiçadas no primeiro set e quatro no terceiro. Sua maior chance foi um set-point num longo 10º game da última série, antes de ir ao tiebreak. O francês no entanto usou todos seus recursos nos momentos mais delicados.

Esta é a quinta vez, a terceira seguida, que Tsonga chega na quarta rodada do US Open. Suas melhores campanhas foram as quartas de 2011 e do ano passado. Nesta temporada, seu melhor desempenho nos Slam foram as quartas de Wimbledon.

Últimas notícias
Comentários