fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Ivan Dodig, Donald Young, Nicholas Monroe, Bob BryanCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Ivan Dodig, Donald Young, Nicholas Monroe, Bob BryanCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Ivan Dodig, Donald Young, Nicholas Monroe, Bob Bryantênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0731_toronto_narede_comdodig_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0731_toronto_narede_comdodig_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Melo e Dodig são surpreendidos logo na estreia
31/08/2016 às 19h17
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0731_toronto_narede_comdodig_int.jpg" title="Melo e Dodig ganharam dois títulos de Masters na preparação para o US Open" />

Melo e Dodig ganharam dois títulos de Masters na preparação para o US Open

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Marcelo Melo e seu parceiro croata Ivan Dodig chegaram ao US Open com a maior credencial possível para o US Open: títulos consecutivos no Masters de Toronto e Cincinnati, sobre piso muito semelhante ao de Flushing Meadows. Mas os cabeças 2 sequer passaram da estreia.

Depois de abrir 5/2 no primeiro set, eles permitiram a reação dos norte-americanos Nicholas Monroe e Donald Young, que sequer costumam jogar o circuito de duplas, e foram batidos em dois sets e parciais de 7/5 e 7/6 (7-2 no tiebreak). O mineiro dá assim adeus à chance de recuperar a liderança do ranking.

Foi o segundo ano consecutivo que os dois perderam logo na estreia do US Open, depois de terem alcançado as semifinais por duas temporadas consecutivas, em 2013 e 2014. Apesar de a vaga no Finals de Londres ainda estar ao alcance, eles fecham o ciclo de Grand Slam com resultados fracos, tendo feito uma semi em Paris mas apenas terceira rodada na Austrália e em Wimbledon.

A derrota inesperada acaba sendo boa para os irmãos Bob e Mike Bryan, que começaram a participação com fácil vitória em cima de Martin Klizan e A. Shamasdin, com placar de 6/1 e 6/3. Eles estão no mesmo lado inferior da chave e encaram agora os especialistas Joanathan Erlich e Santiago González.

Apesar da queda de Melo, o tênis brasileiro chega à segunda rodada com Bruno Soares, André Sá e a parceria entre Thomaz Bellucci/Marcelo Demoliner.

Últimas notícias
Comentários