fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Marcelo Demoliner, Andre Sa, Chris Guccione, US OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Marcelo Demoliner, Andre Sa, Chris Guccione, US OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Marcelo Demoliner, Andre Sa, Chris Guccione, US Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/bellucci_demoliner_rioopen_celebram_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/bellucci_demoliner_rioopen_celebram_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Bellucci e Demoliner surpreendem Sa avança
31/08/2016 às 14h00
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/bellucci_demoliner_rioopen_celebram_int.jpg" title="Bellucci e Demoliner eliminaram os cabeças de chave 11" />

Bellucci e Demoliner eliminaram os cabeças de chave 11

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Depois de dois dias apenas com derrotas, os representantes brasileiros no US Open deram a volta por cima e anotaram suas primeiras vitórias na competição. O destaque ficou por conta do paulista Thomaz Bellucci e do gaúcho Marcelo Demoliner, que surpreenderiam a forte dupla francesa Edouard Roger-Vasselin e Julien Bennetau, campeões de Roland Garros em 2014.

Bellucci e Demoliner ignoraram o favoritismo dos rivais franceses e triunfaram em sets diretos, com parciais de 7/6 (10-8) e 6/1. Quem também estreou com vitória nas duplas foi o experiente André Sá. Ao lado o australiano Chris Guccione, o mineiro derrubou os convidados da casa John McNally e Jeffrey Wolf por 2 sets a 0, com duplo 6/4. 

A dupla brasileira começou a partida com quebra, mas o empate e em seguida a virada aconteceram com a fragilidade do saque de Demoliner. Os franceses tiveram então 5/3 e saque sem sucesso e ainda tiveram um set-point no 12º game e abriram 4-1 no tiebreak. Com cabeça fria, os brasileiros reagiram sempre.

No segundo set, o equilíbrio marcou os primeiros games, mas Demoliner já mostrou maior consistência no saque com Bellucci mais ágil na rede. A quebra veio na hora da pressão em que os franceses não podiam errar e foram um tanto conservadores no serviço. Bellucci então sacou muito bem e fechou a tarefa de 1h22. 

Já a parceria de Sá com Guccione não sofreu tanto para superar a primeira rodada e comandaram o placar no duelo contra os rivais norte-americanos. Eles agora esperam pelos vencedores da partida entre os cabeças de chave 7, formada pelo local Rajeev Ram e pelo sul-africano Raven Klaasen, e a parceria da casa de Eric Butorac e Scott Lipsky.

Figurando na outra metade da chave, Bellucci e Demoliner também ainda não sabem quem vão enfrentar na segunda rodada. Eles aguardam quem passar do duelo que de um lado terá o espanhol Iñigo Cervantes e o italiano Paolo Lorenzi e do outro o taiwanês Yen-Hsun Lu e o sérvio Janko Tipsarevic.

Últimas notícias
Comentários