fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Thomaz Bellucci, Marcelo DemolinerCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Thomaz Bellucci, Marcelo DemolinerCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Thomaz Bellucci, Marcelo Demolinertênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0821_cincy_comemora_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0821_cincy_comemora_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Melo e Soares lideram brasileiros nas duplas em NY
28/08/2016 às 16h52
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0821_cincy_comemora_int.jpg" title="Melo pode voltar ao número 1 depois do US Open" />

Melo pode voltar ao número 1 depois do US Open

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Neste domingo foi sorteada a chave de duplas do US Open e o Brasil contará com cinco representantes. Os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares comandam a lista e são os dois únicos que figuram entre os cabeças de chave no último Grand Slam da temporada.

Lutando pela liderança do ranking, Melo e o parceiro croata Ivan Dodig são os segundos mais bem cotados no torneio, estreando diante da dupla da casa formada por Nicholas Monroe e Donald Young. Na segunda rodada, eles podem ter pela frente os sérvios Viktor Troicki/Dusan Lajovic, ou os franceses Paul-Henri Mathieu/Adrian Mannarino. 

Melo e Dodig não devem ter grandes problemas para chegar às quartas de final, quando podem cruzar com duplas do gabarito da dos canadenses Daniel Nestor e Vasek Pospisil, bem como a do polonês Lukasz Kubot com o austríaco Alexander Peya. Na semi, podem vir os irmãos Bob e Mike Bryan, os franceses Julien Benneteau/Edouard-Roger Vasselin e os espanhóis Marc López/Feliciano López.

Do outro lado da chave figura Bruno e o britânico Jamie Murray, formando a dupla quarta favorita, que abre campanha contra o portugueses Gastão Elias e João Sousa. Em seguida há a possibilidade de encarar duas duplas traiçoeiras: Marcin Matkowski/Jurgen Melzer ou Alexandr Dolgopolov/Sergyi Stakhovsky. 

Os principais candidatos a encarar a parceria mineiro-britânica na terceira rodada são o tcheco Radek Stepanek e o sérvio Nenad Zimonjic. Nas quartas, o cruzamento traz Treat Huey/Max Mirnyi, Raaven Klasen/Rajeev Ram, Fabio Fognini/Andreas Seppi.

Se Murray e Soares chegarem à semi, eles têm tudo para encarar os cabeças de chave 1, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut. Outros que correm por fora no quadrante de cima da chave são os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah e a parceria do romeno Horia Tecau (prata nos Jogos do Rio) com o holandês Jean-Julien Rojer. 

Também na metade de cima da chave se encontra o mineiro André Sá, que joga ao lado do australiano Chris Guccione e estreia contra os atletas da casa John Mcnally e Jeffrey Wolf. Já o paulista Thomaz Bellucci e o gaúcho Marcelo Demoliner, que se juntaram novamente, estão na outra parte da chave e terão uma dura estreia contra Benneteau/Vasselin.

Últimas notícias
Comentários