Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Kerber: 'Eu não perdi, foi a Serena quem ganhou'
09/07/2016 às 15h37

Alemã disputou a segunda final de Slam contra Serena no ano

Foto: Eddie Keogh/AELTC

Londres (Inglaterra) - Vice-campeã de Wimbledon, Angelique Kerber deixa o All England Club com a sensação de dever cumprido. Apesar da derrota para Serena Williams na decisão, a canhota alemã entende que jogou seu melhor tênis durante a final neste sábado e que a única razão para não vencer o segundo Grand Slam da carreira foi a ótima partida da número 1.

"Eu joguei o que pude hoje. É só isso que eu posso dizer", disse Kerber após a derrota por 7/5 e 6/3. "O saque da Serena estava inacreditável hoje. No final, eu estava tentando de tudo, mas ela mereceu porque fez uma partida incrível".

"Acho que nós duas jogar em um nível muito alto. Quero dizer, eu não acho que perdi o jogo, acho que a Serena ganhou. Só uma poderia ganhar e ela mereceu", completou a canhota de 28 anos, que havia vencido Serena na final do Australian Open em janeiro.

A única oportunidade que Kerber teve para quebrar o saque de Serena, já no segundo set, foi pulverizada por uma sequência de dois aces da número 1 do mundo. "É assim que a Serena joga. Eu tive um break point e não pude fazer nada".

De volta à vice-liderança do ranking e satisfeita com a melhor temporada da carreira, Kerber se mantém positiva. "Após essas incríveis duas semanas, eu só posso dizer que dei tudo de mim. É claro que estou desapontada, mas também fico orgulhosa do que fiz, ainda mais depois de Paris", lembrou a alemã, que perdeu na primeira rodada em Roland Garros.

"Eu cheguei à minha segunda final de Grand Slam neste ano. Foi uma incrível final, gostei muito do jogo de hoje. A atmosfera lá fora era incrível e eu nunca vou me esquecer".

Comentários