Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer coloca invencibilidade em semis à prova
07/07/2016 às 14h32

Federer nunca perdeu em uma semi de Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Maior semifinalista da história de Wimbledon, com 11 participações, empatado com o norte-americano Jimmy Connors, o suíço Roger Federer não sabe ainda o que é perder nesta fase na grama do All England Club e colocará à prova sua invencibilidade contra o canadense Milos Raonic às 9h desta sexta-feira, na primeira partida do dia na Quadra Central.

Sete vezes campeão do torneio, Federer esteve em três das últimas quatro finais do torneio, faturando o título em 2012, o último de seus 17 Grand Slam, e ficando com o vice em 2014 e 2015. Se depender do retrospecto ele tem grande chance de disputar mais uma decisão em Wimbledon, já que soma nove vitórias e apenas duas derrotas contra Raonic. 

Entretanto, o momento é favorável ao canadense, que bateu o ex-número 1 do mundo no encontro mais recente entre eles, no começo do ano, na final de Brisbane, e faz uma temporada superior. Com a atual campanha em Londres, Raonic é o terceiro que mais somou pontos em 2016, ao passo que Federer, convivendo com lesões, é apenas o nono melhor.

A seu favor, Federer tem o fato de ser o jogador com mais vitórias na grama em atividade, com 152, sendo duas delas justamente contra Raonic, a primeira em Halle, quatro anos atrás, e a outra em Wimbledon, em 2014. Nos Grand Slam, ele encarou o canadense duas vezes e em ambos os duelos triunfou em sets diretos. 

Outro fator que conspira contra o suíço são seus resultados recentes contra top 10, perdendo os três últimos jogos que fez. Ele venceu apenas uma partida contra rivais nesta faixa de ranking no ano, batendo o tcheco Tomas Berdych nas quartas de final do Australian Open. Já Raonic soma quatro vitórias em nove partidas contra top 10.

Comentários