Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Melo e Dodig falham no final e dão adeus ao bi
03/06/2016 às 10h19

Melo e Dodig perderam nos detalhes no terceiro set

Foto: Divulgação

Paris (França) - Num final eletrizante, o mineiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig sentiram o peso das excelentes devoluções dos espanhóis Feliciano López e Marc López e assim deram adeus ao sonho de conquistar o bicampeonato em Roland Garros. O placar foi 6/2, 3/6 e 7/5.

O dueto espanhol aguarda agora o vencedor da semifinal seguinte, a ser disputada entre os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan e a parceria formada pelo polonês Lukasz Kubot e o austríaco Alexander Peya.

O primeiro set de Melo e Dodig foi bem abaixo do normal. Os dois não parecem à vontade. Em que pese as boas devoluções dos espanhóis, que pegam pesado na bola, a dupla do brasileiro chegou a se confundir até nos voleios. Sem um bom aproveitamento do primeiro saque, viraram presas fáceis.

Pouco a pouco, os campeões acharam o tempo da devolução e começaram a ameaçar os espanhóis. Na terceira tentativa, em cima de Marc, veio a quebra e aí Melo sacou com tranquilidade para levar a semifinal ao terceiro set.

A série decisiva começou com 2/0 para os espanhóis, mas a dupla do mineiro reagiu imediatamente e daí em diante o equilíbrio esperado enfim se mostrou nas duplas. A parte mental foi ficando mais importante. Feliciano errou um voleio fácil e permitiu o break-point, porém se recuperou com grandes saques.

O mesmo aconteceu com Dodig em seguida, virando de 0-30 e salvando match-point. Marc sacou pressionado e o game foi tenso, mas as potentes devoluções dos espanhóis fizeram o estrago final no saque do mineiro em outro game muito disputado.

Comentários