fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Stan Wawrinka , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Stan Wawrinka , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Stan Wawrinka , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duelos/murray_wawrinka_finals15_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duelos/murray_wawrinka_finals15_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Murray lidera historico Stan sempre venceu no saibro
02/06/2016 às 16h36
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duelos/murray_wawrinka_finals15_int.jpg" title="Wawrinka levou a melhor nos últimos três duelos" />

Wawrinka levou a melhor nos últimos três duelos

Foto: Arquivo
Mário Sérgio Cruz
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

O número 2 do mundo e o atual campeão de Roland Garros definem um dos finalistas do segundo Grand Slam do ano. Vivendo a melhor temporada de saibro na carreira, com 17 vitórias e só duas derrotas, Andy Murray tenta destronar Stan Wawrinka para chegar à uma inédita decisão em Paris. Os dois duelam a partir das 10h (de Brasília) desta sexta-feira.

Murray lidera o histórico por 8 a 7, mas Wawrinka levou a melhor nos três últimos encontros em sets diretos. O suíço também venceu as três partidas disputadas no saibro entre eles. A última vitória britânica aconteceu no piso duro de Tóquio em 2012. Em Grand Slam, são dois triunfos para cada lado.

Acostumado a quebrar longos tabus do tênis biritânico, Murray pode ser o primeiro atleta de seu país na final de Roland Garros desde Bunny Austin em 1937. Fred Perry garantiu o último título em 1935 e também decidiu no ano seguinte. Desde que Roland Garros se tornou um evento internacional, em 1925, apenas Perry e Austin representaram a nação na final.

Em busca da décima final de Grand Slam da carreira, Murray também igualaria o número de decisões disputadas por Perry. Quem também tem dez finais de Slam é a lenda alemã Boris Becker. O britânico também pode ser o décimo homem na Era Aberta a ter participado das finais em todos os quatro Grand Slam.

Tanto Murray quanto Wawrinka têm dois títulos de Grand Slam, mas o histórico de finais do suíço é menor e mais recente. O atual quarto colocado decidiu o Australian Open de 2014 e Roland Garros do ano passado e levou a melhor em ambas as ocasiões. Uma coincidência entre as duas campanhas e que pode se repetir novamente em Paris é que, nos dois casos, ele precisou eliminar os cabeças 1 e 2 em algum momento do torneio.

Confira o histórico de confrontos entre Murray e Wawrinka, com destaque para o três duelos no saibro.

2015
ATP Finals - Sintético (coberto) - fase de grupos - Wawrinka 7/6(4) 6/4

2013
US Open - Sintético - quartas - Wawrinka 6/4 6/3 6/2
Monte Carlo - Saibro - oitavas - Wawrinka 6/1 6/2

2012
Tóquio - Sintético - quartas - Murray 6/2 3/6 6/2
Jogos Olímpicos - Grama - 1ª rodada - Murray 6/3 6/3

2011
Xangai - Sintético - oitavas - Murray 6/4 36 6/3

2010
US Open - Sintético - 3ª rodada - Wawrinka 67(3) 76(4) 6/3 6/3

2009
Wimbledon - Grama - oitavas - Murray 2/6 6/3 6/3 5/7 6/3

2008
US Open - Sintético - oitavas - Murray 61 6/3 6/3
Toronto - Sintético - oitavas - Murray 6/2 0/6 6/4
Roma - Saibro - 3ª rodada - Wawrinka 6/2 7/6(5) 
Marselha - Sintético (coberto) - oitavas - Murray 3/6 7/6(5) 6/1
Doha - Sintético - final - Murray 6/4 4/6 6/2

2006
Miami - Sintético - 1ª rodada - Wawrinka 7/5 3/6 6/4

2005
Davis Cup (Playoffs) - Saibro (coberto) - 2ª rodada - Wawrinka 6/3 7/6(5) 6/4

Últimas notícias
Comentários