fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Roberto Bautista Agut, Tomas Berdych Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Roberto Bautista Agut, Tomas Berdych Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Roberto Bautista Agut, Tomas Berdych tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0601_rg_punhocerrado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0601_rg_punhocerrado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
As condições mudam diariamente avalia Djokovic
01/06/2016 às 13h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0601_rg_punhocerrado_int.jpg" title="Djokovic enfrenta Berdych às 8h desta quinta-feira" />

Djokovic enfrenta Berdych às 8h desta quinta-feira

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Depois de já disputar quatro partidas nesta edição de Roland Garros e de ter seu jogo de oitavas de final adiado na segunda-feira, suspenso após três interrupções por chuva na terça e concluído apenas nesta quarta-feira, Novak Djokovic alertou para as diferentes condições da quadra conforme o torneio avança.

"As condições mudam de um dia para o outro e você tem que se ajustar", disse Djokovic depois de completar a vitória por 3/6, 6/4, 6/1 e 7/5 contra o espanhol Roberto Bautista Agut.

"Perdi um set, mas estou nas quartas de final e as coisas estão no caminho certo", comemorou o líder do ranking, que não havia perdido sets no torneio até então.

"Sei que posso jogar melhor e que tenho mais recursos. Isso me anima e me motiva a trabalhar para o próximo jogo e ver onde posso chegar", finalizou Djokovic, que enfrenta Tomas Berdych às 8h (de Brasília) desta quinta-feira.

O sérvio entende que ambos os lados precisam lidar com a mesma situação. "É a mesma coisa para você e seu oponente. Mas realmente foi um grande teste mental para todos nós. De certa forma, é bom jogar uma partida assim poeque é um que você precisa para superar principalmente no lado mental".

"Ontem o jogo foi interrompido três vezes e não é fácil vir para cá às 9 da manhã e só sair às 19h30, mas não foi a primeira e provavelmente não será a última vez que eu vou passar por esse tipo de situação".

O jogador de 29 anos ainda lembra de um caso ocorrido em 2007, quando perecisou de cinco dias para completar uma vitória em quatro sets (sendo três tiebreaks) contra o alemão Nicolas Kiefer. "Lembro que uma partida que fiz em Wimbledon contra o Kiefer que durou cinco dias. Foi o máximo que eu já joguei em uma mesma partida. A de hoje foi provavelmente a segunda mais longa, pelo mesmo motivo, chuva".

O líder do ranking ainda expressou sua preocupação com o público e espera que a questão envolvendo a construção do teto para a Quadra Central em Paris seja solucionada em breve. "É difícil também para o público que pagou ingressos para as partidas e conseguiram ver no máximo uma hora e tiveram que ir para casa".

"Dois dias atrás não teve nenhum jogo. A previsão do tempo, pelo que eu ouvi, não é boa para os próximos dias. E essa é a razão pela qual eu gostaria que tivesse um teto aqui, espero que tenha em breve".

Últimas notícias
Comentários