fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/baghdatis/0118_ausopen_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/baghdatis/0118_ausopen_vibra_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Baghdatis bate recorde de vitórias de Borg na Davis
03/03/2016 às 13h18
Publicidade
Publicidade
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Tallinn (Estônia) - Embora esteja defendendo seu país apenas na quarta divisão da Copa Davis, no Zonal África/Europa III, o cipriota Marcos Baghdatis conseguiu um feito nesta quinta-feira. Ao derrotar o andorrano Jean-Baptiste Poux-Gautier por sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/0, ele quebrou o recorde de vitórias consecutivas na competição, que pertencia ao sueco Bjorn Borg.

A vitória de Baghdatis foi a 34ª seguida na competição, deixando para trás as 33 de Borg, conquistadas entre os anos de 1973 e 1980. Ao todo, o cipriota soma 67 triunfos na Davis, sendo 47 deles em simples e outros 20 nas duplas.

O resultado ajudou o Chipre a derrotar Andorra por 3 a 0, deixando o país na liderança do Grupo C, que tem também Islândia e Montenegro. Com duas vitórias em dois embates, os cipriotas vão enfrentar os montenegrinos, que também venceram duas, na última rodada para definir quem ficará em primeiro na tabela e avançará para a próxima rodada.

"Estamos extremamente orgulhosos por Marcos ter batido uma marca que durava já há tanto tempo. É uma conquista incrível de sua parte", declarou Philios Christodoulou, presidente da federação cipriota de tênis, em entrevista ao Cyprus Mail.

São quatro os grupos no Zonal África/Europa III, sendo que os primeiros de cada um passam para a fase seguinte. Os vencedores se enfrentam e os dois que passarem garantem a promoção para o Zonal África/Europa II, a terceira divisão da Copa Davis.

Comentários