fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Elena Vesnina, Jamie Murray, Australian Open, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Elena Vesnina, Jamie Murray, Australian Open, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Elena Vesnina, Jamie Murray, Australian Open, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0131_ausopen_rebate_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0131_ausopen_rebate_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Agora e ir para casa curtir a familia afirma Bruno
01/02/2016 às 12h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0131_ausopen_rebate_int.jpg" title="Bruno venceu nas duplas e nas mistas em Melbourne" />

Bruno venceu nas duplas e nas mistas em Melbourne

Foto: Arquivo
Diego Diegues, especial para TenisBrasil
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Bruno Soares se tornou o primeiro brasileiro da história a conquistar dois títulos de duplas em um mesmo Grand Slam, na Era Aberta. O brasileiro foi campeão no masculino, ao lado do britânico Jamie Murray e nas mistas com a russa Elena Vesnina. O feito ainda é maior se buscarmos na história, o seleto número de tenistas que conquistaram essa gigantesca proeza. Em uma conferência de imprensa repleta de jornalistas, o mineiro concedeu uma rápida entrevista ao Tênis Brasil, único veículo brasileiro na cobertura do Australian Open.

Com o sorriso estampado no rosto, Soares confessou ter vivido o seu melhor final de semana da carreira. “Eu vim de um 2015 difícil, com resultados abaixo do esperado, momentos complicados, mas sempre achei que estava jogando um bom tênis e consegui provar isso aqui na Austrália. Acho que sem dúvida foi o melhor final de semana da minha carreira”, disse.

Sem dormir e com pouco tempo de descanso entre as finais, o brasileiro celebrou a conquista inédita. “Ganhar um Grand Slam já é um feito extraordinário, imagine ganhar dois em um dia. Eu estou virado, dormi super pouco, mas pude vir aqui e fazer um jogo fantástico ao lado da Elena, que carregou a dupla e jogou bem a semana inteira”, ressaltou Soares.

O brasileiro explicou como surgiu o convite de atuar ao lado da russa. “Fui campeão em 2012 (US Open) com a (Ekaterina) Makarova (parceira de duplas de Vesnina), e ela nunca mais jogou duplas mistas e acabou que por algumas coincidências nunca tive a oportunidade de jogar com Elena. Depois que resolvi desfazer a dupla mista com a Mirza, mandei mensagem para Vesnina relembrando do nosso plano de jogar um Slam juntos. No fim, deu certo”, afirmou.

Após o feito inédito, Soares volta ao Brasil, onde pretende descansar e na sequência continuar sua preparação para a temporada de 2016. “Agora é descansar, ir para casa, curtir a família, conceder entrevistas, e voltar aos treinamentos para o restante da temporada que só está começando. A pré-temporada foi muito bem feita, agora é manter o embalo e a confiança que adquiri nesse começo de ano”.

Vivendo o auge da sua carreira, Soares também falou sobre as Olimpíadas, na qual atuará ao lado de Marcelo Melo, número um do mundo de duplas. “Estamos muito empolgados para as Olimpíadas. Eu o Marcelo desde que saímos de Londres, colocamos na nossa cabeça que em 2016 estaríamos no auge das nossas carreiras, e isso está acontecendo. Então espero que possamos levar esse momento para as Olimpíadas e buscar a medalha inédita para o tênis brasileiro”, finalizou.

Últimas notícias
Comentários