fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Serena Williams, Australian Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Serena Williams, Australian Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Serena Williams, Australian Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0130_ausopen_trofeu_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0130_ausopen_trofeu_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Kerber diz que confianca foi essencial para o título
30/01/2016 às 15h55
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0130_ausopen_trofeu_int.jpg" title="Kereber nunca havia disputado uma final de Slam" />

Kereber nunca havia disputado uma final de Slam

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Nunca é fácil ter que enfrentar uma número 1 do mundo, ainda mais se você tem que fazer isso em sua primeira final de Grand Slam da carreira. Vivendo esta complicada situação, a alemã Angelique Kerber mostrou toda sua capacidade neste sábado, bateu a norte-americana Serena Williams na final do Australian Open e comemorou sua maior conquista.

Apesar da dura missão que tinha pela frente, Kerber a concretizou com a maestria de quem estava cheia de confiança. Mas para chegar a esse ponto a alemã teve que passar por poucas e boas, entre elas um match-point contra logo em sua estreia, contra a japonesa Misaki Doi, e um duro confronto nas quartas de final com a embalada Victoria Azarenka, apontada como uma das mais fortes concorrentes ao título.

"Tive duas semanas malucas. Salvei um match-point no primeiro jogo, nas quartas venci Azarenka pela primeira vez. Aí enfrentei Serena em minha primeira final de Grand Slam, o que é uma honra", declarou Kerber, que fez questão de destacar a confiança ganha após o triunfo sobre a bielorrussa, a primeira sua depois de oito derrotas seguidas contra a ex-número 1 do mundo.

"Hoje, tentei acreditar mais em mim mesma. A vitória sobre Azarenka me mostrou que sou uma jogadora muito boa e que posso vencer nestas quadras importantes", afirmou a campeã do Australian Open. "Tentei ficar relaxada até o final, jogando um ponto de cada vez. No primeiro set eu joguei muito bem, no segundo ela estava sacando melhor e no terceiro foi tudo muito parelho" analisou.

Muito feliz com o dia especial em sua vida, a germânica revelou que no ponto decisivo tudo o que esperava era jogar a bola para o outro lado. "Quando bati na bola do match-point tudo o que eu queria era que ela passasse por cima da rede", relembrou Kerber.

A alemã não poupou elogios para Serena, que fez questão de cruzar a rede após o fim do jogo para cumprimentar Kerber. "Serena é uma verdadeira campeã. Ela me disse que estava muito feliz por mim, que eu merecia. Ela é uma grande pessoa, que está fazendo história e inspirando as pessoas", declarou a futura número 2 do mundo, posto que irá ocupar após o título em Melbourne.

O momento de alta, porém, não a fazem esquecer que houve épocas complicadas e de dúvidas na cabeça. "O momento mais difícil acho que foi em 2011, quando perdi umas 11 estreias na sequência e me questionei se estava fazendo as coisas certas. Então veio a semi do US Open", contou Kerber, rememorando sua primeira semifinal de Grand Slam, sendo derrotada pela australiana Samantha Stosur.

A derrota em Nova York inclusive passou pela sua cabeça depois de ter perdido o segundo set para Serena, mas Kerber mostrou estar mais madura e soube lidar com a pressão. Ela foi tão bem nos momentos importante que no game mais disputado do jogo, o sexto do terceiro set, que durou mais de 10 minutos, a germânica teve a coragem de aplicar duas incríveis e precisas deixadinhas.

"É assim que eu sou, um pouco maluca. Estava confiante para dar uma deixadinha. O game estava longo e precisava fazer alguma coisa diferente, algo inesperado. Quando acertei o primeiro ganhei a confiança para fazer outro e foi isso que fiz. Era uma questão de esperar o momento certo de novo", afirmou.

Últimas notícias
Comentários