fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Milos Raonic , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Milos Raonic , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Milos Raonic , tênis" /> fiogf49gjkf0d2016/raonic/commurray_arquivo_780_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d2016/raonic/commurray_arquivo_780_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Murray e Raonic duelo entre ataque e defesa
28/01/2016 às 12h47
fiogf49gjkf0d
2016/raonic/commurray_arquivo_780_int.jpg" title="Murray e Raonic têm feito duelos muito equilibrados ao longo dos últimos anos" />

Murray e Raonic têm feito duelos muito equilibrados ao longo dos últimos anos

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Um é tido como um dos tenistas com maior habilidade de defesa e contra-ataque. O outro joga na base da força do saque e agora de um constante apelo aos voleios. O duelo de estilos tão distintos vale vaga na final do Australian Open para o escocês Andy Murray e o canadense Milos Raonic, jogo marcado para as 6h30 desta sexta-feira.

Quem vencer, desafiará o sérvio Novak Djokovic pelo título. Ambos têm larga desvantagem. O escocês ganhou apenas 9 de 30 duelos, sendo três deles em finais no Australian Open (2011, 2013 e 2015), enquanto o canadense perdeu todos os cinco confrontos já realizados.

Há uma larga diferença de currículo. Aos 28 anos, Murray é o número 2 do ranking, tem 35 títulos sendo dois de Slam, além de ter mais de o dobro de vitórias ao longo da carreira (557 contra 216). Três anos mais jovem, Raonic já esteve no top 10, mas após uma temporada marcada por cirurgia no pé e lesão nas costas, surge como 14º. Soma oito troféus de ATP. Sua melhor campanha até agora em Slam foram duas semifinais (Wimbledon em 2014 foi a outra).

A campanha de ambos em Melbourne tem sido marcante. Murray, mesmo com preocupações pessoais, só perdeu um set e tirou nomes como Bernard Tomic e David Ferrer. Ele se adapta muito bem ao torneio, tendo feito quatro finais. Mas Raonic é a grande surpresa, tendo mostrado um estilo renovado com muito trabalho de rede e desbancado três cabeças, entre eles Stan Wawrinka.

Caso Murray mantenha seu favoritismo, a Grã-Bretanha terá um finalista de simples e outro de duplas pela primeira vez desde 1935. O irmão Jamie decidirá as duplas ao lado do mineiro Bruno Soares no sábado. Já Raonic poderá ser o primeiro homem canadense a decidir um Slam, repetindo o feito histórico de Eugénie Bouchard em Wimbledon.

O histórico de duelos entre eles é curioso e equilibrado. Raonic chegou a ganhar três dos quatro primeiros jogos efetivamente realizados - dois não aconteceram por contusão de cada um dos tenistas - e só então Murray ganhou os dois mais recentes. Há empate sobre piso sintético, por 2 a 2.

Veja a lista dos duelos entre eles, incluindo os não realizados:

2012
Miami (sintético), 3ª rodada - Murray, w.o. (joelho)
Barcelona (saibro), quartas - Raonic, 6/4 7/6(3)
Toronto (sintético), oitavas - Raonic, w.o. (tornozelo)
US Open (sintético), oitavas - Murray, 6/4 6/4 6/2
Tóquio (sintético), semi - Raonic, 6/3 6/7(5) 7/6(4)

2014
Indian Wells (sintético), oitavas - Raonic, 4/6 7/5 6/3
ATP Finals (sintético coberto), fase inicial - Murray, 6/3 7/5

2015
Madri (saibro), quartas - Murray, 6/4 7/5

Últimas notícias
Comentários