fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Johanna Konta, Serena Williams Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Johanna Konta, Serena Williams Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Angelique Kerber, Johanna Konta, Serena Williams tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0128_ausopen_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0128_ausopen_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Kerber vence e jogara sua primeira final de Slam
28/01/2016 às 03h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/kerber/0128_ausopen_fore_int.jpg" title="Kerber foi mais consistente do que a debutante rival" />

Kerber foi mais consistente do que a debutante rival

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Após bater na trave nas duas primeiras oportunidades que teve, a alemã Angelique Kerber não desperdiçou uma nova chance de disputar sua primeira final de Grand Slam. Nesta quinta-feira, ela acabou com a festa da surpresa britânica Johanna Konta e se garantiu na decisão do Australian Open ao aplicar parciais de 7/5 e 6/2, em 1h22 de jogo.

O último desafio de Kerber nas quadras do Melbourne Park será o mais difícil de todos. Ela vai buscar seu maior título da carreira contra a norte-americana Serena Williams, que tem mostrado por que é a atual número 1 do mundo com firmes vitórias. A hexacampeã do torneio perdeu apenas 26 games em sua campanha até a final, uma média de 4,3 games por jogo.

Se a alemã vai debutar em uma decisão de Slam, do outro lado ela vai encarar uma rival que já tem 21 taças nos quatro maiores torneios da temporada. Além disso, o retrospecto entre elas também não ajuda nada Kerber, que venceu apenas um dos seis confrontos anteriores com Serena.

Derrotada nas semifinais do US Open de 2011 e de Wimbledon em 2012, Kerber entrou em quadra disposta a quebrar este tabu. E nada melhor para isso do que começar quebrando Konta logo de cara. A britânica não teve um bom início de partida e perdeu o saque também na segunda vez que teve ele a seu favor e se complicou bastante.

O placar adverso não foi problema para a britânica de 24 anos, que elevou seu nível e foi buscar a igualdade, devolvendo as duas quebras, a segunda delas no sexto game. As duas oponentes se mantiveram igualadas até o 5/5, quando Kerber arrancou para a vitória no set com uma quebra e o game de serviço impecável na sequência para fechar.

Assim como aconteceu no primeiro set, o começo do segundo foi de uma errática Konta, que novamente saiu sendo quebrada. Ela voltou a perder o saque no quinto game, o que praticamente selou sua derrota. Kerber administrou a boa vantagem que conquistou e selou a vitória com uma devolução errada da britânica em um segundo serviço da germânica.

Debutante no Australian Open, disputando a chave principal do torneio pela primeira vez, Konta pagou pela menor experiência do que a rival, desperdiçando 36 pontos em erros não forçados contra apenas 11 da alemã. Ao menos ela levou a melhor nas bolas vencedoras, mas longe de conseguir compensar, batendo Kerber neste fundamento com 18 a 14.

Últimas notícias
Comentários