fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Belgica, Copa Davis, seguranca Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Belgica, Copa Davis, seguranca Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Belgica, Copa Davis, seguranca tênis" />
Notícias | Copa Davis
Bélgica reforça segurança para final da Copa Davis
20/11/2015 às 09h18
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Ghent (Bélgica) – A Bélgica vai aumentar a segurança na final da Copa Davis, na próxima semana, depois dos atentados terroristas em Paris no dia 13 último. A Grã-Bretanha, com os irmãos Andy e Jamie Murray na equipe, tentam ganhar a competição pela primeira vez desde 1936, diante da Bélgica que não tem nenhum título da Davis. O confronto entre os dois países será realizado em, Ghent, no saibro. 

Tennis Vlaanderen, que administra o tênis na região, disse que já conversou com o ministro do Interior, com a polícia e especialistas independentes de segurança. "Iremos tomar medidas, algumas visíveis, outras não", disse um porta-voz, sem dar detalhes.

“Acho que todo mundo está preocupado com as coisas neste momento”, havia dito Andy Murray, número 2 do mundo, nesta segunda-feira. “Mas acho que a melhor coisa a fazer é viver nossas vidas normalmente, não mudar muito, porque senão os terroristas serão os que estarão ganhando.'' 

A Bélgica, com David Goffin e Steve Darcis em sua equipe, disputa sua primeira final de Copa Davis em 111 anos.

Comentários