fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Taylor Fritz, Michael Mmoh, Frances Tiafoe, Challenger, FutureCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Taylor Fritz, Michael Mmoh, Frances Tiafoe, Challenger, FutureCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Taylor Fritz, Michael Mmoh, Frances Tiafoe, Challenger, Futuretênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_estrangeiros/taylor_fritz_usopen_saque_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_estrangeiros/taylor_fritz_usopen_saque_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Aos 17, líder juvenil vence 2º challenger seguido
18/10/2015 às 18h42
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_estrangeiros/taylor_fritz_usopen_saque_int.jpg" title="Taylor Fritz já se aproxima do top 200 da ATP" />

Taylor Fritz já se aproxima do top 200 da ATP

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Fairfield (EUA) - A ascensão meteórica do norte-americano Taylor Fritz continua neste final de temporada. Aos 17 anos, o número 1 do ranking mundial juvenil chegou neste domingo ao segundo título seguido de challenger e saltará, em apenas duas semanas, mais de 450 posições na ATP.

Vindo da conquista no piso duro de Sacramento, com premiação de US$ 100 mil, o jovem manteve o embalo na Califórnia, com premiação de US$ 50 mil, e somou 80 pontos. Sem perder sets em cinco jogos nas quadras sintéticas de Fairfield, Fritz completou a semana perfeita marcando 6/3 e 6/4 sobre o alemão Dustin Brown, 110º do mundo, em rápidos 57 minutos. Eles já haviam se enfrentado nas oitavas em Sacramento, em jogo decidido em três tiebreaks.

Fritz só entrou direto na chave em Fairfield por conta da regra de special exempt, já que no final de semana que poderia disputar o quali estava nas rodadas finais em outro torneio. Até a semana passada, o jogador de 1,93m aparecia na 694ª colocação no circuito profissional. O título em Sacramento o alçou a 339º e nesta segunda-feira ele deve surgir perto de 235º.

Entre os adolescentes que ainda não completaram 18 anos, Fritz já será o terceiro na lista da ATP, um pouco distante do russo Andrey Rublev, atual 179º, mas colado no compatriota Frances Tiafoe, todos de 17 anos. Tiafoe, aliás, avançou até a semifinal em Fairfield e também terá seu melhor ranking nesta segunda-feira, subindo de 255º para perto dos 230.

Incluindo o circuito juvenil, Fritz vem em uma sequência de 16 vitórias, pois conquistou o US Open entre os jovens e lidera com folga o ranking da ITF. O americano de San Diego completa 18 anos daqui 10 dias.

Mais promessa - Os jovens americanos estão aproveitando muito bem os torneios em casa para dar os primeiros passos no circuito profissional. No mesmo dia em que o número 1 juvenil conquistou o segundo challenger, o vice-líder levantou o segundo troféu como profissional, no future de US$ 15 mil de Houston.

Michael Mmoh, de 17 anos, semifinalista em Roland Garros e quadrifinalista no US Open entre os juvenis, não perdeu sets até superar o mexicano Lucas Gomez, por 6/3 e 6/2. Atual 499º na ATP, o jovem nascido na Arábia Saudita deve saltar 50 posições quando os pontos forem computados.

Feitos - Ainda que seja incerto o quanto Fritz conseguirá extrair de seu potencial e evoluir no circuito, sua “entrada” na ATP o coloca junto a nomes de peso em uma estatística. Apenas nove jogadores conseguiram ganhar dois challengers antes dos 18 anos. Em atividade, o americano tem a companhia de Novak Djokovic, Rafael Nadal, Tomas Berdych, Richard Gasquet, Bernard Tomic e Juan Martin del Potro.

As duas conquistas em semanas consecutivas, aos 17 anos, só haviam sido realizadas pelo austríaco Horst Skoff, em 1986. Ele chegou ao top 20 da ATP quatro anos mais tarde e somou quatro troféus em 11 finais na carreira.

Últimas notícias
Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis
ProSpin
Wilson
Raquete Mania
Paulistana