Notícias | Dia a dia
owned again by @voldin - greetz dilmae
11/02/2011 às 17h31

Clijsters não era número 1 desde 2006

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Com a vitória de hoje pelas quartas de final do torneio de Paris, Kim Clijsters será a nova número 1 do mundo, ultrapassando Caroline Wozniacki. A dinamarquesa ocupava o posto desde outubro e viu seu 'reinado' acabar com o triunfo da belga sobre Jelena Dokic por 6/3 e 6/0. Na semifinal, Clijsters espera a vencedora entre Kaia Kanepi e Dominika Cibulkova.

Clijsters retoma a posição que ocupou pela primeira vez em 11 de agosto de 2003. Naquele ano, a belga permaneceu no topo por 12 semanas não-consecutivas e foi a primeira tenista a chegar ao número 1 sem ter vencido um Grand Slam. Sete dias antes de debutar no topo, Clijsters havia conquistado também a liderança em duplas, posto que ocupou por quatro semanas.

Após o Aberto da Austrália de 2006, Clijsters foi número 1 outra vez no dia 30 de janeiro, dessa vez permanecendo nesse posto por sete semanas. Desde que se tornou profissional em 1997, a belga teve uma rápida ascensão no ranking, entrando no top 50 pela primeira vez em 1999, estando entre as vinte melhores no ano seguinte e figurando no top 5 já em 2001.

No dia 6 de maio de 2007, Clijsters anunciou se que retirava do tênis, quando ocupava a quarta posição do ranking. A belga se tornou mãe da pequena Jada e voltou ao circuito em agosto de 2009, logo vencendo o US Open e terminando a temporada na 18ª posição.

No ano passado, com a defesa do título em Nova York e o Masters de Doha, Clijsters terminou o ano como terceira do mundo. Em Melbourne, onde conquistou mais um Grand Slam, a atleta de 27 anos ficou em segundo no ranking, passando Vera Zvonareva.

Vencedora de 41 títulos na carreira, Clijsters foi campeã de quatro Grand Slam, todos em quadra rápida. Além do Aberto da Austrália deste ano, a belga levou o troféu em Nova York em 2005, 2009 e 2010. Em Wimbledon, chegou a duas semifinais e foi vice em Roland Garros duas vezes. No Aberto da França, Clijsters foi campeã quando juvenil em duplas, ao lado de Jelena Dokic, sua adversária nesta sexta numa das partidas mais importantes de sua carreira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis