fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roland Garros, Andre Ghem, Guilherme Clezar, Milos Raonic, Janko TipsarevicCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roland Garros, Andre Ghem, Guilherme Clezar, Milos Raonic, Janko TipsarevicCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roland Garros, Andre Ghem, Guilherme Clezar, Milos Raonic, Janko Tipsarevictênis" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Três Lucky losers serão sorteados em Paris
21/05/2015 às 19h13
Mário Sérgio Cruz
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Com três desistências já confirmadas na chave masculina em Roland Garros é certo que três nomes entrarão como lucky loser. Ou seja, três jogadores que forem derrotados na rodada final do qualificatório nesta sexta-feira poderão continuar na disputa do segundo Grand Slam do ano.

Aqui cabe uma explicação sobre como funciona a escolha dos lucky-losers em torneios Grand Slam: Ao menos cinco jogadores que perderem na rodada final do quali farão parte de um sorteio pelas três vagas remanescentes.

De acordo com o regulamento da ITF, em caso de uma ou duas desistências os quatro melhores ranqueados que perdem na final do quali entram na disputa. Como já há três ausências (Milos Raonic, Janko Tipsarevic e Julien Benneteau), o sorteio ganha mais um jogador.

A loteria sempre terá ao menos dois tenistas a mais que o número de vagas restantes. Ou seja, em caso de mais uma desistência, seriam seis participantes para quatro vagas.

Os circuitos de ATP e WTA adotam metodologias diferentes da escolhida pela ITF, que organiza os Grand Slam. Com os homens há um sorteio similar entre os dois melhores ranqueados por uma vaga, ou três para duas vagas e assim por diante. Nas mulheres não há sorteio, a melhor ranqueada a perder na rodada final do quali entra diretamente na chave.

Quatro tenistas do Brasil disputam a rodada final do qualificatório: Os gaúchos André Ghem e Guilherme Clezar estão na disputa masculina, enquanto a pernambucana Teliana Pereira e a paulista Beatriz Haddad Maia jogama a final do quali feminino. Não há ainda nenhuma desistência entre as mulheres.

Comentários