fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Aravane Rezai Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Aravane Rezai Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Aravane Rezai tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/estrangeiras_outras/rezai_rolandgarros_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/estrangeiras_outras/rezai_rolandgarros_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Aos 28, Rezai recomeça e sonha ganhar Slam
20/05/2015 às 20h55
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/estrangeiras_outras/rezai_rolandgarros_fore_int.jpg" title="Rezai foi campeã de Madri e top 15 em 2010" />

Rezai foi campeã de Madri e top 15 em 2010

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - A quarta-feira foi especial para Aravane Rezai. Aos 28 anos, a francesa pôs fim a um longo afastamento do circuito ao jogar pelo qualificatório de Roland Garros. Com a quadra de número 6 lotada e apoio maciço do público, Rezai caiu diante da compatriota Julie Coin, por 7/5 e 6/3.

Rezai ficou afastada das competições desde fevereiro do ano passado por conta de lesões e também problemas pessoais - seu pai, Araslan, chegou a ser banido pela WTA acusado de ser autoritário demais com a filha.

Atualmente sem ranking, Rezai chegou a ocupar o 15º lugar em 2010, ano em que conquistou o forte Premier de Madri, derrotando Venus Williams na decisão. Ela ainda tem no currículo vitórias contra as também ex-líderes, Justine Henin e Caroline Wozniacki.

Mas a francesa não quer falar do passado e projeta um futuro ainda mais promissor. "Eu prefiro as pessoas olhem para mim como uma futura top 10 ou uma futura campeã de Roland-Garros, quem sabe - não como uma ex", explicou Rezai ao site de Roland Garros depois da partida.

"Na minha cabeça não é um retorno, é uma nova carreira. O que aconteceu antes não importa", acrescenta. "Não há maior emoção do que sentir a adrenalina correr através de você quando você pisa em uma grande quadra, com a multidão torcendo por você. Espero que a experiência que aqui novamente algum tempo, na quadra central ou com a equipe francesa da Fed Cup".

Recentemente, em abril, Rezai participou do programa de tv Sport Confidentiel, do canal L'Equipe 21. Durante a entrevista, ela foi ambiciosa: "Meu objetivo é ser a número 1 do mundo".

Últimas notícias
Comentários