fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Tomas Berdych, Jo-Wilfried Tsonga, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Tomas Berdych, Jo-Wilfried Tsonga, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Tomas Berdych, Jo-Wilfried Tsonga, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/dimitrov/0506_madri_toss_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/dimitrov/0506_madri_toss_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Dimitrov volta a bater Wawrinka, Berdych segue
07/05/2015 às 12h20
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/dimitrov/0506_madri_toss_int.jpg" title="Búlgaro faz quartas inéditas no Masters de Madri" />

Búlgaro faz quartas inéditas no Masters de Madri

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - O suíço Stan Wawrinka segue sem reencontrar seu melhor jogo na temporada. Nesta quinta-feira, o número 9 do mundo caiu diante de uma boa atuação do búlgaro Grigor Dimitrov, 11º, pelo segundo torneio seguido, com parciais de 7/6 (7-5), 3/6 e 6/3, nas oitavas de final do Masters 1000 de Madri.

O suíço não venceu duas partidas seguidas nos cinco últimos torneios que disputou e há três semanas esteve irreconhecível contra Dimitrov em Monte Carlo, perdendo por 6/1 e 6/2. Wawrinka apresentou um jogo melhor na capital espanhola, mas pecou nos momentos decisivos.

O cabeça de chave 8 chegou a ter quebra de vantagem na primeira parcial e manteve o tiebreak equilibrado até o 4-4. No segundo set, aproveitou o único game que teve oportunidade de quebra e não deu chances ao búlgaro.

O terceiro set esteve perto de ver a reabilitação do suíço, que criou break points no terceiro e no quinto games enquanto Dimitrov não conseguia ameaçá-lo. Porém, as chances desperdiçadas pesaram no final, quando perdeu o saque em 3/4, descontou a frustração na raquete e caiu após 1h59.

Nas quartas de final em Madri pela primeira vez, Dimitrov enfrenta o espanhol Rafael Nadal em busca de vitória inédita após cinco confrontos. O canhoto passou sem sustos pelo italiano Simone Bolelli.

Berdych confirma - Também na parte superior da chave, o tcheco Tomas Berdych controlou a partida contra o francês Jo-Wilfried Tsonga depois de um primeiro set apertado. O número 7 do mundo escapou de três break points no 4/4 e mostrou a solidez habitual desta temporada para marcar 7/5 e 6/2, em 1h29, apesar de um dia irregular no serviço (47% de aproveitamento de primeiro saque).

O tcheco segue sem perder para adversários fora do top 10 em 2015 (soma sete derrotas) e tem boa chance nas quartas com a ausência do suíço Roger Federer. Ele lidera o confronto direto contra o norte-americano John Isner, que encerrou a campanha inédita do australiano Nick Kyrgios, por 6 a 2 e nunca perdeu no saibro.

Últimas notícias
Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis
ProSpin
Wilson
Raquete Mania
Paulistana