fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Novak Djokovic, Australian Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Novak Djokovic, Australian Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Novak Djokovic, Australian Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/wawrinka/0130_ausopen_secarosto_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/wawrinka/0130_ausopen_secarosto_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Wawrinka lamenta chances em semifinal 'estranha'
30/01/2015 às 12h47
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/wawrinka/0130_ausopen_secarosto_int.jpg" title="Partida com Djokovic teve 12 quebras de serviço" />

Partida com Djokovic teve 12 quebras de serviço

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Superado em uma semifinal de altos e baixos contra Novak Djokovic, Stan Wawrinka descreveu como "estranha" a partida desta sexta-feira. Ao longo de 3h30, os dois últimos campeões do Australian Open se alternaram na liderança no placar e no domínio das ações. Os dois jogadores trocaram 12 quebras de saque, sendo sete para Djokovic e cinco para Wawrinka.

"Foi um jogo estanho. Não foi o melhor, com certeza. Acho que houve muitos altos e baixos e as condições no começo não estavam muito boas. Ventava um pouco e as bolas não estavam fáceis de controlar", avaliou Wawrinka em entrevista coletiva.

Após a derrota por 7/6 (7-1), 3/6 6/4 6/4 e 6/0, Wawrinka lamentou as chances perdidas durante o jogo, lembrando que em determinados momentos, poderia ter saído em vantagem, mas a sorte acabou sorrindo ao adversário.

"Eu tive a sensação de que eu estava jogando bem. No terceiro set, errei um backhand fácil e no quinto, com o vento, eu tive outra oportunidade de quebra", disse Wawrinka, que também fez questão de ressaltar um bom momento no jogo. "Mas fiquei surpreso com a forma que eu reagi no quarto", acrescentou o suíço que perdia por 2/0 no quarto set.

"Numa partida de cinco sets, existem alguns momentos cruciais, com certeza. Mas no final do dia, vejo que perdi um tiebreak e tive a chance de quebrar no quinto set", complementou o atual número 4 do mundo, que deve cair para a nona posição descontados parte dos pontos referentes ao título do ano passado.

Ainda que fosse o atual campeão no Melbourne Park, Wawrinka disputou sua primeira partida em horário nobre. Dessa forma, o suíço sentiu um pouco a diferença nas condições da jogo, mas aprovou sua atuação durante o torneio. "Para mim foi a primeira partida à noite. Tive de me adaptar um pouco ao jogo", disse o suíço, que exemplificou.

"É um pouco mais lento, mas a bola anda um pouco mais e quica mais baixo na quadra. Durante o dia você pode colocar mais topspin e variar o saque", acrescentou Wawrinka, que durante a semana jogou três vezes na Rod Laver Arena e duas na Margaret Court durante o dia.

"Acho que estou bem fisicamente, jogando bem em geral. Estou muito feliz com meu nível", comemorou Wawrinka, que deverá retornar ao circuito no ATP de Roterdã, a partir de 9 de fevereiro. "Mentalmente, creio que estou pagando o preço de terminar a temporada com a Copa Davis e não ter uma pré-temporada maior. Foi difícil para me concentrar no que eu queria fazer".

 

Últimas notícias
Comentários