fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Australia saque , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Australia saque , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Australia saque , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/ausopen_desolada_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/ausopen_desolada_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
'O saque foi meu maior problema', aponta Kvitova
24/01/2015 às 20h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/ausopen_desolada_int.jpg" title="" />
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) – Bicampeã de Wimbledon, a tcheca Petra Kvitova não conseguiu fazer bom uso de uma de suas armas, diante da jovem americana Madison Keys, de 19 anos  A quarta cabeça de chave caiu em dois sets, parciais de 6/4 e 7/5. 

“Com certeza, o saque foi o meu maior problema. Eu não esperava não conseguir encaixar. Então, foi realmente difícil para mim enfrentar este tipo de adversária, que tem um serviço forte e em que tenho de confirmar o meu. Não sei o que aconteceu, mas não consegui acertar o meu serviço. Este foi o meu maior problema, com certeza”, apontou Kvitova. 

Alkém disso, os ralis com a americana também foram duros. “Foi mais difícil a devolução, ela estava partindo para cima, jogando realmente de forma agressiva desde o primeiro ponto. Acho que ela jogou realmente muito rápido, agressivamente. Ela não errou muito, foi realmente dura. Eu estava procurando por uma chance, mas não veio. Mas ainda creio que o que fez a grande diferença foi o saque. 

Kvitova apontou que Keys tem potencial para ser uma top 10 e que melhorou sua movimentação e seu jogo desde que se enfrentaram em Tóquio. “Acho que ela está pegando mais bolas, acho que ela melhorou em geral.”

Últimas notícias
01h58
Comentários