fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Victoria Azarenka, Barbora Zahlavova Strycova, Dominika Cibulkova Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Victoria Azarenka, Barbora Zahlavova Strycova, Dominika Cibulkova Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Victoria Azarenka, Barbora Zahlavova Strycova, Dominika Cibulkova tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/azarenka/0124_melbourne_punhocerrado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/azarenka/0124_melbourne_punhocerrado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Azarenka segue em frente e desafia Cibulkova
24/01/2015 às 05h48
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/azarenka/0124_melbourne_punhocerrado_int.jpg" title="Azarenka tem chave duríssima desde a estreia" />

Azarenka tem chave duríssima desde a estreia

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - A saga da bicampeã Victoria Azarenka como não-cabeça de chave no Australian Open teve mais um capítulo neste sábado. A ex-líder e atual 44ª colocada garantiu seu lugar nas oitavas de final ao marcar 6/4 e 6/4 na tcheca Barbora Strycova, cabeça 25, em 1h48 de disputa.

Com uma chave duríssima desde a estreia contra Sloane Stephens e a segunda rodada diante de Caroline Wozniacki, Vika agora desafia a eslovaca Dominika Cibulkova, cabeça 11 e finalista no ano passado. O histórico é favorável à bielorrussa, que lidera por 7 a 2.

Azarenka iniciou o confronto com Strycova evitando três chances de quebra para abrir vantagem logo na sequência. O placar permaneceu favorável até o empate no sexto game, sendo que a ex-líder voltaria a quebrar no nono game e evitasse duas chances de novo empate da rival antes de fechar o set. A vitória parcial em meio a todos esses altos e baixos foi obtida com apenas um winner.

Um set foi o suficiente para que Strycova saísse completamente do jogo e passasse a cometer seguidos erros e a reclamar de muitas marcações. Azarenka aproveitou a deixa e abriu duas quebras de vantagem.

Quando tudo caminhava para uma vitória tranquila da ex-líder, Strycova foi buscar o empate e o jogo tomou contornos dramáticos. As duas jogadoras passaram a trocar quebras entre si, até que Azarenka conseguisse confirmar o game final e fizesse sua dancinha da vitória.

Ao todo foram 10 quebras de saque, seis para Azarenka e quatro para Strycova. As duas jogadoras ainda compartilharam 21 break points entre si. Azarenka terminou a partida com 62 pontos, quatro a mais que sua adversária. Strycova teve números um pouco maiores nos winners, 17 a 12, e erros não-forçados, 33 a 30.

Últimas notícias
Comentários