fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Simone Bolelli, Jeremy Chardy, Andreas Seppi, Australian OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Simone Bolelli, Jeremy Chardy, Andreas Seppi, Australian OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Simone Bolelli, Jeremy Chardy, Andreas Seppi, Australian Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0121_melbourne_saca_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0121_melbourne_saca_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Federer supera início ruim e segue em frente
21/01/2015 às 04h54
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0121_melbourne_saca_int.jpg" title="Federer melhorou no saque a partir do 2º set" />

Federer melhorou no saque a partir do 2º set

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Os fãs de Roger Federer levaram um susto nesta quarta-feira. Com um início de partida abaixo do esperado e enfrentando um inspirado Simone Bolelli, o suíço começou atrás no placar, mas conseguiu a virada diante do italiano, 48º colocado, com parciais de 3/6, 6/3, 6/2 e 6/2 em 2h09. Um dado curioso é que os três primeiros sets tiveram a duração de 33 minutos.

Garantido na terceira rodada do Australian Open, Federer pode enfrentar o cabeça 29 francês Jeremy Chardy ou o italiano Andreas Seppi. O vice-líder do ranking venceu todos os seus 10 jogos contra Seppi, enquanto o retrospecto com Chardy é de duas vitórias e uma derrota.

Federer começou a partida com razoável aproveitamento de 61% no primeiro serviço e ainda que tenha cedido somente sete pontos em seu saque durante a primeira parcial, acabou sofrendo uma quebra no quarto game e não teve nenhuma chance de empatar o set. No intervalo, pediu um raro atendimento médico por conta de uma bolha na mão direita.

No segundo set, o suíço conseguiu colocar o saque mais vezes em quadra, ao passo que Bolelli vinha caindo de rendimento. As chances de quebra mudaram de lado, e depois de perder quatro no sexto game, Federer conseguiu abrir vantagem no oitavo. O suíço terminou a parcial com 88% de primeiro serviço e perdendo só 4 pontos no saque.

A partir do terceiro set, o jogo seguiu uma via de mão única. Federer quebrou logo de cara e passou a pressionar cada vez mais o saque do italiano, perdendo apenas mais três games até a definição da partida em quatro sets. Para Bolelli fica a frustração de continuar sem vencer um adversário do top 10 já em 34ª tentativa. O italiano de 29 anos vem de um ótimo 2014 no circuito challenger depois de se recuperar de uma cirurgia no punho.

Federer liderou com folga a contagem de aces, por 15 a 6, e cometeu um número bem menor de erros não-forçados, 23 contra 39 do italiano. Equilíbrio apenas na contagem de winners, 36 a 35 em favor de Federer. Como de costume, Federer subiu várias vezes à rede, anotando 21 pontos em um total de 36 tentativas. 

Últimas notícias
Comentários