fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
André Sá, Marcelo Demoliner, Purav Raja, Mate Pavic, Guillermo Garcia-LopezCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
André Sá, Marcelo Demoliner, Purav Raja, Mate Pavic, Guillermo Garcia-LopezCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
André Sá, Marcelo Demoliner, Purav Raja, Mate Pavic, Guillermo Garcia-Lopeztênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/duplas/sa_bropen_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/duplas/sa_bropen_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Duplas de Sá e Demoliner se despedem em Stuttgart
11/07/2014 às 13h29
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/duplas/sa_bropen_back_int.jpg" title="Sá repetiu melhor resultado com Pavic" />

Sá repetiu melhor resultado com Pavic

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Stuttgart (Alemanha) - A expectativa de um confronto brasileiro nas semifinais de duplas em Stuttgart caiu por terra durante a disputa das quartas de final. O evento que teve Thomaz Bellucci como campeão no ano passado, ao lado do argentino Facundo Bagnis, teve os dois brasileiros participantes da chave deste ano, o mineiro André Sá e o gaúcho Marcelo Demoliner, sendo eliminados da competição.

O primeiro a entrar em quadra foi Sá, junto do croata Mate Pavic. Apesar de cabeças 4 da chave, a dupla não conseguiu fazer valer sua condição de favorita e caíram por 6/4 e 6/2 diante da dupla alemã Peter Gojowczyk e Dominik Meffert, que entraram na disputa apenas como alternates, e venceram a partida após apenas 56 minutos. Sá e Pavic foram perderam três games de saque e não obtendo nenhuma quebra em cinco oportunidades.

Na sequência, Demoliner e o indiano Purav Raja foram derrotados pelos campeões do Brasil Open, o espanhol Guillermo Garcia-Lopez e o austríaco Phillipp Oswald, com duplo 6/4 em 1h15. Durante o jogo, Demoliner e Raja sofreram apenas duas quebras de serviço, mas não conseguiram aproveitar nenhuma das sete oportunidades que tiveram. Duas delas no crucial décimo game do primeiro set, quando a dupla rival sacou para fechar a parcial.

A campanha em Stuttgart é a melhor para ambas as parcerias jogando juntas em nível ATP. Sá e Pavic repetiram as quartas obtidas no saibro francês de Nice. Juntos, eles também chegaram às oitavas de final em Roland Garros e Wimbledon. Demoliner e Raja, por sua vez, haviam caído na estreia em três torneios de nível challenger antes de furarem o qualificatório de duplas para Wimbledon, caindo na primeira rodada da chave principal.

Últimas notícias
Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis
ProSpin
Wilson
Raquete Mania
Paulistana