fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_devolve_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_devolve_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Apesar de dores e cansaço, Halep valoriza rival
03/07/2014 às 17h38
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_devolve_int.jpg" title="Lesões na coxa e tornozelo prejudicaram Halep" />

Lesões na coxa e tornozelo prejudicaram Halep

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - As dores e o cansaço pela maratona de jogos pesaram para Simona Halep. Durante a semifinal de Wimbledon disputada nesta quinta-feira, a número 3 do mundo torceu o tornozelo esquerdo ainda no quarto game da partida contra a canadense Eugenie Bouchard, sofrendo sua terceira lesão em três semanas. Dias antes do torneio, a romena precisou desistir do WTA de s-Hertogenbosch por dores no ombro direito, e já nas primeiras rodadas no Grand Slam britânico, uma lesão na coxa esquerda limitou seus movimentos.

“Foi difícil para continuar. Senti muita dor no momento, que melhorou depois que enfaixaram”, disse Halep, que precisou de um atendimento médico para o pé esquerdo. “Mas ainda assim eu não poderia empurrar mais na minha perna. Meu primeiro saque foi muito ruim depois disso. Foi difícil por essa outra lesão”.

Vinda do vice-campeonato em Roland Garros, há um mês, a número 3 do mundo fez mais uma boa campanha em um Grand Slam, chegando à semifinal em Londres. Em contrapartida, a romena de 22 anos tem sentido no corpo os reflexos do acúmulo de partidas em tão pouco tempo.

“Estava um pouco cansada porque joguei muitas partidas. Depois de Roland Garros o tempo para recuperação é muito curto, mas estou muito feliz por disputar uma semifinal e fazer o meu melhor resultado em Wimbledon. Não posso ficar triste agora. Apenas aproveitar e tentar disputar muito mais partidas em Grand Slam”.

Apesar das dores e da eliminação, Halep fez questão de elogiar o tênis apresentado por Bouchard, que a derrotou em sets diretos para atingir sua primeira final de Grand Slam. “Ela já havia jogado muito bem quando a gente se enfrentou em Indian Wells, mas creio a superfície aqui a favorece mais, por ser mais rápida. Ela fica mais próxima da linha de base, bate na bola mais cedo e com mais velocidade. Creio também que agora ela tem mais confiança e experiência por também ter jogado bem em Roland Garros. Ela é uma grande tenista e estará no topo muito em breve”.

Últimas notícias
Comentários