fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Grigor Dimitrov, Wimbledon Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Grigor Dimitrov, Wimbledon Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Grigor Dimitrov, Wimbledon tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_saca_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_saca_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Dimitrov é barreira para jejum de Djokovic nos Slam
03/07/2014 às 16h23
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_saca_int.jpg" title="Djokovic venceu três dos quatro duelos com Dimitrov" />

Djokovic venceu três dos quatro duelos com Dimitrov

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - A primeira semifinal de Wimbledon, nesta sexta-feira às 9h (horário de Brasília) terá em quadra o favorito número 1 no torneio buscando também ser o líder no ranking da ATP. O sérvio Novak Djokovic vai encarar o búlgaro Grigor Dimitrov de olho na ponta, podendo ultrapassar o espanhol Rafael Nadal em caso de título.

Djokovic tem duas finais no All England Club no currículo, foi campeão em 2011 e ficou com o vice no ano passado. Para tentar voltar à decisão, ele tem a seu favor a experiência de 23 semifinais de Grand Slam, que o coloca como o quinto jogador que mais vezes ficou entre os últimos quatro em um torneio deste porte.

Mas o estilo cheio de toques de Dimitrov, incluindo temíveis slices rasantes, é um empecilho para o sérvio. Além disso, ele tenta se desvencilhar do incômodo jejum de conquistas em Grand Slam. Djokovic ganhou seu sexto troféu com o tetracampeonato na Austrália, em janeiro de 2013, e parou por aí, colecionando apenas vices em Wimbledon, US Open e Roland Garros desde então.

Esta é a quinta semifinal seguida do tenista de Belgrado em Wimbledon. Nos dois Grand Slam anteriores deste ano, ele parou nas quartas de final no Australian Open, perdendo para o eventual campeão, o suíço Stan Wawrinka, e em Roland Garros ficou com o vice-campeonato, superado por Nadal na decisão.

Do outro lado, Dimitrov vai apenas para sua primeira semifinal de Slam da carreira e tenta ser o primeiro atleta de seu país a disputar uma final deste nível. Embora lhe falte um pouco de experiência a chave principal nestes torneios, o búlgaro ao menos sabe o caminho das pedras em Wimbledon, onde já conquistou o título juvenil, em 2008.

Além disso, o búlgaro vem em sequência de vitórias sobre a grama. Campeão em Queen’s, ele soma 10 triunfos consecutivos neste piso. Caso ele consiga ir à final e ficar com o título em Wimbledon, será a 11ª vez que alguém fará essa dobradinha de títulos na grama, repetindo o que o britânico Andy Murray fez no ano passado.

Veja o retrospecto de Djokovic e Dimitrov:

2012 - Masters 1000 de Xangai - sintético - segunda rodada - Djokovic 6/3 6/2
2013 - Masters 1000 de Indian Wells - sintético - terceira rodada - Djokovic 7/6(4) 6/1
2013 - Masters 1000 de Madri - saibro - segunda rodada - Dimitrov 7/6(6) 6/7(8) 6/3
2013 - Roland Garros - saibro - terceira rodada - Djokovic 6/2 6/2 6/3

Últimas notícias
Comentários