fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Simona Halep, Petra Kvitova, Wimbledon, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Simona Halep, Petra Kvitova, Wimbledon, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Simona Halep, Petra Kvitova, Wimbledon, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0703_wimbledon_agradece_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0703_wimbledon_agradece_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Batalhadora, Bouchard não se vê como surpresa
03/07/2014 às 15h00
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0703_wimbledon_agradece_int.jpg" title="Bouchard foi pelo menos à semi nos três Slam deste ano" />

Bouchard foi pelo menos à semi nos três Slam deste ano

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Apesar da pouca idade e de nunca ter disputado uma final de Grand Slam até agora, a canadense Eugenie Bouchard não se mostrou surpresa com a conquista que alcançou nesta quinta-feira, ao derrotar a romena Simona Halep na segunda semifinal do dia, garantindo sua vaga na decisão de Wimbledon.

“Nunca iria dizer que sou uma surpresa, pois trabalhei muito duro e por muito tempo para conseguir isso”, declarou a canadense de 20 anos, que realmente não pode ser considerada uma surpresa tão grande. Bouchard tem mostrado incrível consistência neste ano nos Grand Slam, tendo chegado às semifinais em Roland Garros e no Australian Open.

Em sua primeira final de Slam como profissional, Bouchard terá como oponente uma rival que têm experiência neste tipo de decisão e inclusive já ergueu uma taça de Wimbledon, a canhota tcheca Petra Kvitova. “Estou empolgada. É minha primeira final de Grand Slam e agora é apenas esperar por ela”, comentou a canadense.

“Sempre me esforcei para melhorar e seguir no meu foco. Será provavelmente minha partida mais difícil até agora e por isso estou ansiosa pelo desafio”, pontuou Bouchard, que tem um excelente histórico na grama do All England Club, onde levou três títulos como juvenil, dois em duplas (2011 e 2012) e um de simples (2011).

A canadense também falou sobre a dificuldade que enfrentou para fechar o jogo com Halep, precisando de seis match-points, sendo os três primeiros no saque da romena e os outros três no seu saque. “Foi meio maluco no final. Nunca terminei um jogo assim, mas estou feliz de ter conseguido. Estava completamente focada até o fim”, disse.

“Tive que ter muita força mental para seguir concentrada no que deveria fazer em cada ponto”, finalizou a canadense. Agora, ela empatou o retrospecto com Halep, que havia levado a melhor no único embate até então, pelas oitavas de final em Indian Wells deste ano.

Últimas notícias
Comentários